»»» LEITURA OBRIGATÓRIA

PUBLICIDADE

Pesquisar matérias no Blog

GALERIA DE VÍDEOS DO BLOG:

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Dilma irá desfilar em carro aberto ao lado da filha Paula

Dilma irá desfilar em carro aberto ao lado da filha Paula: " <(Leia na Gazeta de Rondônia)

A presidente eleita, Dilma Rousseff, decidiu na tarde de hoje ir ao lado da filha Paula Rousseff, 34, no desfile em carro aberto no dia de sua posse.



DILMA_MAE_FILHA

Durante a campanha, Paula ganhou destaque quando nasceu em setembro seu primeiro filho, Gabriel. Uma foto de Dilma com o neto nos braços foi divulgada pela assessoria da então candidata.


Tradicionalmente, o presidente desfila ao lado da mulher pela Esplanada dos Ministérios. No entanto, Dilma é divorciada.


A assessoria dela havia aconselhado que não fosse ao lado do vice-presidente eleito, Michel Temer. Ele irá no carro aberto atrás, acompanhado da mulher.


Dilma também decidiu hoje não trocar de roupa entre as cerimônias no Congresso e no Paládio do Planalto. Um espaço já havia sido preparado para a troca.


A presidente eleita pode trocar de roupa somente para a cerimônia do Itamaraty. Dilma Rousseff encomendou a sua estilista dois trajes: um vestido e um tailleur de saia e terninho, ambos em tons entre 'branco gelo' e bege.


EM CASO DE CHUVA


O cerimonial vai deixar à disposição dois carros fechados caso haja chuva na capital federal no dia da posse. Da Catedral de Brasília, Dilma e Temer seguirão em desfile até o Congresso, onde serão oficialmente empossados.


Em seguida, eles vão para o Palácio do Planalto --onde serão recebidos pelo presidente Lula. O petista vai passar a faixa presidencial no parlatório do Palácio, mas a cerimônia pode ser transferida para o interior do prédio se chover.


Dilma encerra os eventos da posse no Palácio do Itamaraty, onde será oferecido coquetel aos convidados presentes no evento.


No desfile em carro aberto pela Esplanada, Dilma será escoltada por seis mulheres agentes da Polícia Federal. A escolha foi da própria presidente eleita.

"

Sindicalista espera posse desde o dia 20 na frente do Palácio do Planalto

Sindicalista espera posse desde o dia 20 na frente do Palácio do Planalto: " <(Leia na Gazeta de Rondônia)

'Só volto para casa quando Dilma assumir', afirmou Robson Messias. Ele mora em Bom Jesus do Tocantins (PA) e espera visita da presidente.


messias620



Com apenas uma mochila, uma barraca pequena e algumas porções de castanhas do Pará, ele viajou cerca de 1,7 mil quilômetros, de Bom Jesus do Tocantins (PA) até a capital do país para ver de perto a posse da presidente eleita, Dilma Roussef, neste sábado (1º).


'Só volto para casa quando Dilma assumir a Presidência. Espero que ela olhe pelo povo, pela classe trabalhadora como Lula fez. Que ela não esqueça das bases dela e do PT. Gostaria muito que ela fizesse um governo com base comunitária', disse Messias.


Ele se orgulha de ter estado na primeira posse de Lula e depois da reeleição. 'Ainda vou escrever um livro sobre as três posses, incluindo a da Dilma. Quero contar a história das três cerimônias. Me orgulho de ter sido o primeiro a chegar em todas elas, até mesmo nesta que vai acontecer neste sábado.'


Messias saiu de casa dia 19 de dezembro e demorou 24 horas para chegar a Brasília. ' Não é sacrifício. Gosto do governo do PT, sou fã do Lula e espero muitas coisas boas do governo que a Dilma vai fazer', afirmou Messias.



O sindicalista chegou a se encontrar com o presidente Lula, no Palácio do Planalto, e guardou boas recordações da rápida conversa. 'Nem os seguranças do Palácio acreditaram que eu seria recebido pelo presidente. Depois que confirmaram meu nome na agenda de audiências, me fizeram vestir um terno e uma gravata. Fiquei pior do que estava, mas encontrei com Lula.'


Messias lembrou que quase ficou sem um registro do encontro. ' Quando fui bater uma foto, minha câmera ficou sem bateria. Levei dois tapinhas do Lula na minha cabeça. Indignado, o presidente chamou o fotógrafo oficial, que tirou a foto e me arrumou uma cópia. Confesso que também fiquei com a xícara que usei para tomar café com o presidente. Virou relíquia. Só espero que a PF [Polícia Federal] não confisque a xícara agora.'




O sindicalista é um dos cerca de 15 mil habitantes de Bom Jesus do Tocantins e espera que Dilma concretize um sonho que Lula não realizou. 'Pedi a Lula que visitasse minha cidade, conhecesse o povo de lá, mas ele nunca foi. Vou entregar uma carta para Dilma pedindo que ela assuma um compromisso de visitar a cidade. Quem sabe ela não vai?'


"

Imprensa europeia destaca decisão de Lula sobre Césare Batisti

Imprensa europeia destaca decisão de Lula sobre Césare Batisti: " < (Leia na Gazeta de Rondônia)

Os sites dos principais jornais europeus destacaram a decisão do presidente Lula de negar a extradição do terrorista italiano Cesare Battisti. Os italianos 'Corrierre della Serra' e 'La Repubblica' colocaram o assunto na manchete principal.


LulaBattisti



ENTENDA O CASO:


Condenado na Itália à prisão perpétua por quatro assassinatos --Antonio Santoro, Lino Sabbadin, Andrea Campagna e Pierluigi Torregiani--, Battisti está detido no Brasil desde 2007.


Em janeiro de 2009, o ministro Tarso Genro (Justiça) concedeu refúgio político a Battisti.

A decisão de Tarso foi resultado de um recurso formulado pela defesa de Battisti. Ele alegava que não pôde exercer em sua plenitude o direito de defesa e sustentava que as condenações decorrem de perseguição política do Estado italiano.


No mesmo mês, Lula saiu em defesa do ministro dizendo que a ação era 'questão de soberania nacional'.


No entanto, em novembro do mesmo ano, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu anular o refúgio, ao considerar que os crimes cometidos por Battisti foram comuns, não políticos. Mas, determinou que a decisão final caberia a Lula.


Na época do julgamento, Battisti chegou a fazer uma greve de fome de 10 dias em protesto ao que chamou de 'retaliação tardia e injusta do governo italiano'.


A Itália criticou o refúgio. Nesta sexta-feira, o ministro italiano da Defesa, Ignazio La Russa, disse que 'se realizou a pior previsão'.


A Itália 'não deixará de tentar no plano jurídico e sobre qualquer outro aspecto permitido por lei, para que o Brasil volte atrás nesta decisão, por sorte não definitiva, que, além de ser injusta e gravemente ofensiva para a Itália, é sobretudo para a memória das pessoas assassinadas e para a dor dos familiares de todos aqueles que perderam a vida por responsabilidade do assassino Battisti', afirmou o ministro.


Nesta sexta-feira, o ministro italiano da Defesa, Ignazio La Russa, disse que 'se realizou a pior previsão '. A Itália 'não deixará de tentar no plano jurídico e sobre qualquer outro aspecto permitido por lei, para que o Brasil volte atrás nesta decisão, por sorte não definitiva, que, além de ser injusta e gravemente ofensiva para a Itália, é sobretudo para a memória das pessoas assassinadas e para a dor dos familiares de todos aqueles que perderam a vida por responsabilidade do assassino Battisti', afirmou o ministro.


Battisti foi julgado à revelia em 1993 na Itália e condenado à prisão perpétua. Da França, onde viveu como refugiado de 1990 a meados desta década, ele sempre negou responsabilidade nos crimes.


Há cinco anos, para evitar sua extradição para a Itália, Battisti fugiu para o Brasil, onde foi detido. Ele está preso no presídio da Papuda, em Brasília.


BERLUSCONI EXPRESSA PROFUNDA TRISTEZA PELO DESFECHO:


O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, expressou nesta sexta-feira (31) sua 'profunda tristeza e pesar' pela decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de não conceder a extradição ao ex-militante italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua em seu país.

"

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Médicos terão que fazer cirurgia para retirar faixa presidencial de Lula

Médicos terão que fazer cirurgia para retirar faixa presidencial de Lula: " << (Leia completa na Gazeta de Rondônia)

O presidente Lula será submetido a uma cirurgia ainda hoje para a retirada da faixa presidencial.



lulafaixa'Depois de oito anos, ela já faz parte de seu corpo', disse um médico da equipe presidencial que não quis se identificar.


A operação é aparentemente simples, mas o presidente tem trauma. Da última vez que entrou numa sala de cirurgia, Lula saiu sem um dedo. O presidente tem feito piadas com amigos para relaxar: 'Já pensou se tiram meu bilau e implantam no dedinho?'

"

Se deduzido tempo que passou travando, Windows estaria completando 17 anos

Se deduzido tempo que passou travando, Windows estaria completando 17 anos: " << (Leia completa na Gazeta de Rondônia)

Um estudo encomendado pela Apple aponta que o Windows não poderia estar completando 25 anos no dia de hoje. 'Se você deduzir o tempo que o Windows passou travado em todos esses anos, certamente ele teria no máximo 17 anos', escreveu Steve Jobs na página A.




blue_screen_of_death


Um estudo encomendado pela Apple aponta que o Windows não poderia estar completando 25 anos no dia de hoje.


Se você deduzir também o tempo que ele demora para iniciar, o Windows estaria completando 10 anos, no máximo', completou Jobs.



A Microsoft anunciou que o filme da história do Windows será todo feito com tela azul. O filme será lançado em quatro versões, sendo que duas delas não vão funcionar nos DVDs tradicionais.



Nas comemorações das bodas de prata do sistema operacional, camelôs de todo o país saíram às ruas vendendo a versão 8 dos Windows, versão esta que ainda nem foi criada pela Microsoft.


Em sua primeira semana de vendas, o Windows 8 já ultrapassou a cópia pirata de Tropa de Elite 2 em unidades vendidas.

"

Monte Negro: Prefeitura monta megaestrutura para Réveillon 2011‏

Monte Negro: Prefeitura monta megaestrutura para Réveillon 2011‏: " << (Leia completa na Gazeta de Rondônia)

Faltando poucas horas para o Réveillon 2011, a Prefeitura Municipal de Monte Negro se organiza para a chegada do novo ano com uma festa de muita alegria para a capital da qualidade de vida.



reveillon_monte_negro

O palco com 14m x 14m, onde se apresentam Dj's e a banda portovelhense Big Boys , animando a comemoração pela passagem de ano. Diversos setores municipais estão envolvidos na festa, para garantir aos cidadãos uma confraternização segura e confortável.



O show pirotécnico terá a duração de 15 minutos de explosões de cores e luzes. A novidade ficará por conta do volume de fogos, que será maior e com mais variedade de formas.



Neste ano a tradicional festa da virada será no novo espaço para eventos construído pela prefeitura na praça central. 'Convidamos a todos a vir participar e conhecer o maior e melhor réveillon em praça pública de nossa região' destacou o Prefeito Eloísio Antônio.

"

Prefeito Alex Testoni não cumpre a promessa de mudar a sede da prefeitura

Prefeito Alex Testoni não cumpre a promessa de mudar a sede da prefeitura: " << (Leia completa na Gazeta de Rondônia)

O prefeito de Ouro Preto do Oeste Alex Testoni (PTN) ao assumir o cargo de chefe do Poder Executivo municipal em janeiro de 2009, prometeu dentro de um breve espaço de tempo mudar a sede da prefeitura.



pracadaliberdade




O motivo para tal promessa é que o atual prédio denominado Palácio dos Pioneiros com sua construção do ano 1982 é hoje um deposito de rato e que oferece perigo para os funcionários e a população com suas instalações elétricas e hidráulicas em péssimos estados de conservação.







O próprio prefeito Alex conhecedor do local insalubre nunca despachou no Palácio dos Pioneiros, preferindo continuar com o seu gabinete central na época que era deputado estadual, gabinete este localizado na Avenida Daniel Comboni, onde a prefeitura paga aluguel do imóvel.

Segundo matéria jornalística que circulou em um jornal impresso informava que o prefeito Alex estava disposto a iniciar o ano de 2010 com prefeitura em local novo e chegou a declarar que Ele (prefeito) e funcionários se preciso fosse iriam passar o réveillon carregando os moveis para o novo local isso foi no ano de 2009, promessa esta que não se concretizou até o presente momento.



A reportagem esteve na Praça da Liberdade e no local onde será a sede provisória (segundo declaração do prefeito Alex na imprensa) tinha meia dúzia de funcionários trabalhando na reforma do prédio, mas ninguém quis falar sobre prazo de conclusão da obra.

"

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Projeto de Diretor de Cartórios já se encontra no Palácio para análise

Projeto de Diretor de Cartórios já se encontra no Palácio para análise: " (Leia na Gazeta de Rondônia)

O técnico Legislativo do Governo, Macedo Junior, informou nesta terça-feira pela manhã ao presidente do Sinjur, Israel Borges, que o projeto PLC 250/10, de Diretor de Cartórios já se encontra no Cotel do Palácio Getúlio Vargas.


O projeto deve ser analisado nesta quarta-feira(29) e, em seguida, encaminhado para sanção do governador João Cahulla.


' Mais uma vez a direção do SINJUR demostra através de atos sua preocupação com a categoria, apesar das manifestações contrárias de pessoas que já tiveram oportunidade e nada fizeram', frisou Israel.

"

Leonardo diz que o Inter de Milão será o seu maior desafio

Leonardo diz que o Inter de Milão será o seu maior desafio: " (Leia na Gazeta de Rondônia)

O técnico Leonardo foi apresentado nesta quarta-feira em La Pinetina, o centro de treinamento da Internazionale de Milão, como substituto de Rafa Benítez. O brasileiro passou boa parte de sua carreira no rival Milan, e agora vai treinar os brasileiros Julio Cesar, Maicon, Lúcio e Philippe Coutinho.



leonardo-como-tecnico-inter-de-milao'Sou um romântico'.


Não estava procurando um emprego, mas sim um sonho. E este é o meu maior desafio', declarou Leonardo na sua primeira coletiva de imprensa como técnico da Internazionale.



Pelo Milan, entre 2009 e 2010, ele disputou 48 jogos, com 23 vitórias e 12 derrotas, deixando o time na terceira colocação ao final do Campeonato Italiano. No final da última temporada, ele saiu do clube alegando divergências com o presidente Silvio Berlusconi.



'Agradeço pelos 13 anos que passamos juntos, eu nunca vou esquecer. Mas sou uma pessoa livre, e agora eu começo uma nova aventura', declarou Leonardo sobre os tempos de Milan. Agora, seu desafio é reerguer a Internazionale, que está apenas em oitavo na liga.



'Ainda acredito no Scudetto. Acho que 13 pontos é muita coisa, mas o campeonato é longo', disse o treinador sobre a diferença para o líder Milan. Para tentar recolocar o time entre os primeiros, Leonardo revelou que pediu conselhos ao ex-técnico da Inter.



'Pedi alguns conselhos a Mourinho, porque você não pode chegar aqui sem consultar um campeão como o José, um homem que tanto fez por este clube', admitiu Leonardo, que disse não contar com a possível vinda do meia Kaká.



Leonardo minimizou os rumores de que a Inter já está até preparando camisas com o nome de Kaká: 'Eu sei que será difícil ele sair de Madri sem ter deixado o seu melhor. Ele vai voltar, vai estar à disposição do clube em um curto espaço de tempo e está ansioso para jogar e fazer bonito no Real'.

"

Bill Gates é mais admirado pelos americanos do que o Papa

Bill Gates é mais admirado pelos americanos do que o Papa: "

Este foi o resultado de uma pesquisa feita pelo jornal USA Today, que apontou os 10 homens mais admirados pelos cidadãos americanos em 2010. Gates ficou em quinto e Barack Obama em primeiro.


Os americanos tem maior admiração por Bill Gates - o co-fundador da Microsoft - do que pelo Papa Bento XVI. É o que mostrou a votação realizada pelo jornal USA Today e pela agência de pesquisa de opinião Gallup, que escolheu os 10 homens mais admirados de 2010. Gates ficou em 5º lugar, acima de nomes como Dalai Lama, Jimmy Carter e o próprio Papa.



billgatesO primeiro lugar na pesquisa foi para Barack Obama, o presidente dos Estados Unidos, que conquistou essa posição pelo terceiro ano consecutivo.


Enquanto isso, Steve Jobs - o CEO da Apple - apesar de ter sido eleito pela Financial Times como a personalidade do ano, nem apareceu entre os dez nomes.



A lista completa você confere a seguir:




1. Barack Obama - 22%
2. George W. Bush - 5%
3. Bill Clinton - 4%
4. Nelson Mandela - 2%
5. Bill Gates - 2%
6. (empate) Papa Bento XVI - 2%
6. (empate) Reverendo Billy Graham - 2%
8. (empate) Jimmy Carter - 2%
8. (empate) Glenn Beck - 2%
10. Dalai Lama - 1%


Na pesquisa similar, que escolheu as mulheres mais admiradas em 2010 pelos americanos, Hillary Clinton ficou em primeiro lugar pelo 9º ano consecutivo, seguida de Sarah Palin e da apresentadora Oprah Winfrey.
"

Fátima anuncia liberação de R$ 1,8 mi para asfalto no Conjunto Jamary e construção do Centro do Idoso

Fátima anuncia liberação de R$ 1,8 mi para asfalto no Conjunto Jamary e construção do Centro do Idoso: "

Foram pagos hoje (29) pelo Programa Calha Norte (Ministério da Defesa) R$ 1 milhão e 800 mil para a prefeitura de Porto Velho asfaltar ruas do Conjunto Jamary e construir o Centro do Idoso. A informação é da senadora Fátima Cleide (PT-RO), que teve a iniciativa de propor emendas individuais no Orçamento Geral da União para estas duas obras.


fatima_cleide_presal




Para o Conjunto Jamary a emenda apresentada pela senadora foi de R$ 1 milhão e para a obra do Centro do Idoso foi R$ 800 mil.



Porto Velho é um dos municípios mais beneficiados pelo trabalho parlamentar da senadora Fátima em relação à indicação e liberação de recursos, sejam com origem nas emendas ou extra orçamentários. Já são mais de R$ 150 milhões destinados para o município, isso sem contar com seu apoio para a tramitação de projetos de obras estruturantes que corriam o risco de perder recursos, como a construção das pontes sobre o rio Madeira.



A senadora foi responsável por viabilizar recursos para a revitalização da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré; Canal dos Tanques; Lar do Bebê; viadutos; Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFET-RO); aparelhamento de policlínicas; construção de escolas; realização do FestCineamazônia; biblioteca na avenida Jatuarana; construção da escola de música na zona leste; Casa Amparo (mulheres vítimas da violência); área de lazer e pista de caminhada no Caladinho e pavimentação e drenagem em dezenas de ruas de Porto Velho entre outras diversas obras executadas ou em execução na capital.

"

Trabalahdores da CALC Engenharia não recebem o 13º e protestam na porta da empresa


1st collector for Trabalahdores da CALC Engenharia não recebem o ...
Follow my videos on vodpod

Na manhã desta segunda-feira (27) cerca de 80 trabalhadores do setor da construção civil de Porto Velho (RO) protestaram em frente da sede da empresa CALC Engenharia, no bairro Nova Porto Velho, zona Leste da capital. O motivo da revolta dos trabalhadores seria o atraso dos salários e principalmente do 13° salário.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Crônicas de Rondônia


Questão de ótica

Para o Ministro Marcos Aurélio do TSE os candidatos indeferidos Maurão de Carvalho e Natan Donadon terão direito a serem elevados ao cargo a que concorreram, mas segundo as nossas fontes, quem não está nada satisfeita com a conclusão, no mínimo surreal, após o advento da Lei da Ficha Limpa, é a Corte do TRE/RO, onde alguns membros indignados já deixaram escapar que se o TSE quer diplomar Natan Donadon que o faça em Brasília...

Diplomação azeda

Quem teve a sua diplomação azedada no último dia 15 de dezembro nas dependências do Clube Talismã, foi o deputado eleito Jacques Testoni que foi abordado em público por um oficial de justiça que não conseguia encontrá-lo em Ouro Preto do Oeste e teve que assinar o recebimento de uma intimação para responder as acusações de abuso de poder econômico e político impetrados pelo MPF.

Saída afrancesa

Após visualizar a cena intimidatória o prefeito Alex Testoni, irmão do deputado e responsável por produzir um vídeo em favor do irmão quando ainda era candidato, utilizando a máquina da prefeitura para angariar votos para o irmão, saiu bem de fininho preocupado em não ser abordado também pelo oficial que estava em missão quase impossível, pois há dias não conseguia entregar a intimação de Jacques Testoni.

Sangue bom

Apesar de vários políticos emprestarem seus nomes para serem apresentados no data show do evento 3ª Festa dos Sites, promovido por Rubens Coutinho e Everaldo Fogaça, apenas o deputado federal eleito Carlos Magno esteve presente prestigiando o evento, de certo que os demais tinham alguma coisa mais importante na terça feira a noite (21/12) para não comparecerem ao evento que marca a confraternização de boa parte da imprensa rondoniense.

Interior é interior

Segundo jornalista do interior que resolveram questionar a assessoria do senador Valdir Raupp e Marinha Raupp quanto a realizaçõa de uma festa que contemplasse os jornalista do interior do Estado, como foi feito com os jornalistas da capital no último dia 16 de dezembro, a resposta obtida foi a de que não seria possível, pois para os organizadores e anfitriões a imprensa do interior não tem o mesmo "peso" que os da capital, e por isso ainda não são dignas de receberem tal homenagem.

Maus assessorados

É uma lástima escutar isso de uma assessoria tão mal informada, que despreza o relevante trabalho dos colegas do interior do Estado, cujos eleitos Marinha e Raupp provavelmente desconhecem tais declarações, mas, se a moda pegar façam como eu, venham para a capital participar das festas e continuem decendo o sarrafo nesse tipo de equipe política que só deprecia o trabalho da imprensa como um todo.

domingo, 28 de novembro de 2010

Tire suas conclusões: Quem se beneficiou das obras realizadas, o povo, o prefeito eleito ou o irmão deputado candidato eleito?


Este é o vídeo usado pelo prefeito de Ouro Preto do Oeste para pedir votos ao irmão Jacques Testoni que foi candidato a deputado estadual com o número 11011 pelo PP - Partido Progressista, nas últimas eleições em Rondônia, em uma campanha em que o candidato indicado pelo prefeito irmão entrou mudo e provavelmente sairá calado pelas portas do fundo da Assembléia Legislativa.

Segundo nossas fontes, tal peça publicitária foi reproduzida em milhares de unidades e distribuida em várias residências de Ouro Preto e região, justamente para associar a imagem do candidato aos atos obrigatórios do irmão prefeito como se eleito fosse a prefeitura trabalharia muito mais em agradecimento pelos votos recebidos.

Durante a sua fala o prefeito se diz ser um político honesto, e logo em seguida engata um pedido "voto de confiança" na candidatura do irmão, que aparece ao final do vídeo com o eterno jingle da campanha, que tem a mesma melodia de quando o mesmo foi deputado pelo PTN, porém esqueceu-se o prefeito que se diz uma pessoa seguidora das leis que é considerado crime de natureza gravíssima promover um candidato a cargo eletivo, principalmente se este for parente em primeiro grau e prestou serviços a prefeitura, mesmo que de forma voluntária com interessos futuros, bem ao estilo de propaganda eleitoral antecipada, conforme fez o candidato Jacques Testoni em eventos promovidos pela prefeitura, como a Festa do Servidor Municipal, realizada dentro da propriedade da família Testoni, a famosa "Lagoa do Alex", onde diversas faixas lembravam com antecipação a intenção do candidato para as eleições de 2010.

Além destas irregularidades eleitoriais, já estão apresentadas ao fórum e ao Ministério Público Federal uma ação civil pública e diversas outras de improbidade administrativa contra o estilo ditador que é aplicado pelo prefeito no município.

O MCCE - Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral do Estado de Rondônia, há mais de dois anos vem denunciando vários crimes eleitorais e políticos praticados por essa administração e não se calará perante os últimos atos de intransigência praticadas pelo senhor Alex Testoni e seu irmão eleito a deputado estadual por meio de promoção pessoal, custeadas por dinheiro público que resultou em ações políticas obrigatórias usadas como plataforma de campanha.

Confirmado: o TRE/SP é bem mais rápido que o Censo 2010

sábado, 27 de novembro de 2010

2010: O ano que escolhi contar para os meus netos

Mais um ano termina, mais um ciclo se fecha em nossa história no planeta terra, no Brasil, e em nosso Estado, com uma atenção especial para a atuação exemplar do MPF em Rondônia vem chamando a atenção pela celeridade com que vários políticos de todas as matizes vem sendo apresentados pelas suas irregularidades perante a justiça eleitoral, coisa que aparentemente tomou uma nova força com a aprovação da "Lei da Ficha Limpa", onde a fiscalização eleitoral deixou de ser uma figura de linguagem para a prática objetiva da aplicação da lei que escancarou a face oculta de políticos que antes se valiam de um batalhão de advogados para se manter no poder.

Desde a primeira semana de novembro, o procurador regional eleitoral, na pessoa do Dr. Heitor Alves Soares e toda a sua equipe, vem tendo um trabalho hérculeo para apresentar a sociedade dezenas de casos de abusos eleitorais que foram investigados durante o processo eletivo, quando os então candidatos acharam que estavam acima de qualquer suspeita para praticar toda sorte de arbitrariedade contra a legislação eleitoral, como sempre foi de praxe em mais de 80 anos de eleições diretas e indiretas ocorridas no Brasil com os altos e baixos da nossa democracia.

Ao meu ver, creio que foi a partir do governo Collor, após aquela grande movimentação popular em todos os setores sociais que fizeram estremecer até mesmo os mais utopistas, que o país sentiu pela primeira vez o gostinho da "Vox populi ex vox Dei", e mesmo sem perceber que haviam segundas intenções na queda do primeiro presidente ameaçado por impeachment, sem a concordância da massa nada seria alcançado, e de manipulada, a massa passou a manipular a situação que abriu precedente contra os próprios políticos adversários da situação ou da oposição.

Não que em outras épocas a população, em sua grande maioria representada pela juventude, não tivesse se manifestado, mas o que antes era privilégio de grupos isolados que corajosamente se atreviam a levantar a sua voz contra os poderosos nos Estados mais desenvolvidos da república, agora era toda uma nação que saía as ruas contra um presidente eleito por elas mesmas, as quais se sentiram traídas pelo representante que escolheram.

Nascia ali em nossos corações a era do Movimento de Combate a Corrupção Política e Eleitoral, época essa em que a grande maioria dos procuradores, magistrados, advogados, promotores, policiais e delegados de todas as autarquias, antes de tudo jovens cidadãos daquela época assistiram e protagonizaram de perto a sensação de poder colocar pra fora uma pessoa que deveria preservar a ética na vida pública, mas disperdiçou a oportunidade traindo a confiança popular com atitudes reprováveis e criminosas que manchava a moralidade da coisa pública.

Nesse últimos anos, percebemos apenas que a semente que vingou nos anos 90 apenas frutificou e se tornou uma árvore frondosa que revigorou a fé da população em dias mais suportáveis, onde antes nos viviamos atingidos como raios solares implacáveis pela debochada face da impunidade.

Vimos coisas impensáveis aos nossos pais, por exemplo Paulo Maluf, Luiz Estevão, O Juiz Nicolau, Sérgio Naya, Antônio Carlos Magalhães, Roseana Sarney, Mão Santa, Jader Barbalho, Marcos Valério, Daniel Dantas, Lu Alckimim, José Dirceu, Joaquim Roriz, Cássio Cunha Lima, Renan Calheiros, José Sarney, José Roberto Arruda e todas as Erenices nos governos e afins, sendo execrados pela opinião pública nos fazendo sentir os odores vicerais de suas falcatruas mais sórdidas, sem poder fazer nada além de espernear contra o estado democrático de direito atingido pela maturidade alcançada.

Não esperamos nada menos das autoridades policiais e investigativas para o nosso amado Estado de Rondônia, que infelizmente ainda se faz representar diante dessa lista desprezível com os seus adeptos da velha prática de tratar o eleitorado como um curral particular que foi condicionado a trocar o voto por um quilo de carne, sendo que muitas vezes tais ilegalidades foram denunciadas pelos próprios beneficiados que chegaram a nível de frustração insuportável que os faz sentir nojo de serem comprados como mercadoria barata.

Parabéns ao brilhante papel do MPE de Rondônia, parabéns à Polícia Federal e aos juízes de nosso TRE, que em nada estão deixando a desejar para os demais Estados da Federação e esperamos muito mais, pois escolhi 2010 para ser o ano que vou contar com orgulho para meus netos.

Ah sim, eu já ia me esquecendo... A injustiça e a corrupção ainda andam soltas pelas ruas e corredores dos tribunais, mas a verdade absoluta sempre haverá de triunfar.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Se essa moda pega: Sérgio cabral inventa o cartão de crédito do eleitor


O candidato ao governo do Estado do Rio de Janeiro, Jefferson Moura apresentou um “cartão de crédito eleitoral", que teria sido enviado para sua mãe.
Batizado de Cred Voto, o artefato, igualzinho a um cartão de crédito verdadeiro, tem o nome do eleitor em alto relevo.

No verso, nomes e números dos candidatos Dilma Rousseff (para presidente), Sérgio Cabral (governador), Jorge Picciani (senador), Eduardo Cunha (deputado federal) e Fábio Silva (deputado estadual).

Na parte traseira do cartão está a seguinte mensagem: “esta é a ordem de votação. Use o seu crédito e cobre depois o resultado”.

Quem não gostou da peça publicitária de propaganda foi o juiz Paulo César Vieira de Carvalho Filho, responsável pela fiscalização eleitoral.
O cartão foi enviado à procuradoria, para uma possível abertura de processo contra os candidatos responsáveis pela propaganda.
“Imagine a confusão que isso pode provocar, nas mãos de um eleitor mais humilde”, diz o juiz.

Eu fico só imaginando aqui em Rondônia, se algum Irandir Oliveira vida decidir implantar o mesmo sistema, acho que seria mais ou menos assim o slogan do cartão:
CRED-VOTO;
"Peça você também e seu Voto-Card e receba as suas promessas em "suaves" prestações a perder de vista... Afinal, seu voto não tem preço!!!"

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

MCCE MANTERÁ SUA MOBILIZAÇÃO

No dia 10 de dezembro de 2007, na sua sede localizada no Conselho Federal da OAB, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), rede composta por 50 organizações da sociedade civil brasileira, decidiu convidar o povo brasileiro ao desafio de construir uma lei diferente, surgida das ruas, associações, igrejas, escolas e universidades: a Lei da Ficha Limpa.



Conquistamos a sociedade brasileira para esse projeto. Desconstruímos preconceitos jurídicos e redefinimos padrões de reflexão jurídico-políticos: os mandatos não são patrimônios privados e as candidaturas são concessões da coletividade, não direitos individuais. Afinal, o poder emana do povo.



Parabenizamos o Congresso Nacional pela aprovação do projeto de lei. Congratulamo-nos com todos os Ministros do Tribunal Superior Eleitoral e do Supremo Tribunal Federal que, movidos pelo mais profundo espírito cívico e por uma leitura contemporânea da Constituição, superaram as incorretas críticas que alguns teimavam em dirigir à iniciativa popular, reconhecendo a validade da mais querida das leis brasileiras. Consideramos que a serenidade, a urbanidade e o uso de fundamentos idôneos devem fazer parte da vida do Judiciário. Os cidadãos e as entidades que com seriedade elaboraram e trabalharam na construção do projeto de lei, por outro lado, merecem todo o respeito.



Esclarecemos que as organizações que realizaram a Campanha Ficha Limpa são as mesmas que se puseram contra a ditadura militar. E, se essa mesma sociedade mobilizou-se para ver longe da esfera política os que não honraram os votos que receberam, foi em virtude de assistir imperar a impunidade no tocante a crimes da maior gravidade. Acreditamos na Constituição brasileira, que reconhece na iniciativa popular uma das formas de expressão direta do soberano: o conjunto dos cidadãos.



Reafirmamos que quem renuncia a um mandato público para atingir objetivos egoísticos não merece mandato. Essa medida já constava, sim, do texto original do projeto de lei de iniciativa popular. Trata-se de dispositivo que não sofreu qualquer retoque no Parlamento, que o aprovou por unanimidade em suas duas casas.



Convidamos toda a sociedade brasileira a permanecer mobilizada até que finalmente seja afastado o risco de que o novo Ministro a ser escolhido para integrar o Supremo Tribunal venha a se posicionar contra a Lei da Ficha Limpa em qualquer dos seus aspectos. Uma escolha política não pode implicar no fim da maior conquista jurídica brasileira no combate à corrupção política.


Brasília, 3 de novembro de 2010.

sábado, 30 de outubro de 2010

domingo, 24 de outubro de 2010

terça-feira, 12 de outubro de 2010

1º Lugar nas "paradas" do sistema carcerário

Hora do Arrepio: O Combatente anuncia profecia que apavora até Nostradamus



Conheci Neila Alkimin, era uma grande vidente, uma brasileira que amava nossa terra e aconselhava os políticos que a procuravam, apontava no mapa onde se encontravam nossas riquezas minerais, em suma, fazendo verdadeiras “prospecções espirituais” orientando muito engenheiro no sentido de localizar os locais exatos em que se encontravam; uma profetisa, enfim.

Fui algumas vezes a Conceição do Rio Verde, sul de Minas, onde ela residia, pelo puro prazer de conversar com essa pessoa especialíssima.

Que Deus tenha piedade de nós e queNeila, grande espiritualista, da esfera de compaixão onde se encontra junto a os outros Trabalhadores do Espaço, mandem uma réstia de luz para nossos cidadãos nesta eleição a fim de que o nosso país cumpra com os seus desígnios de Pátria da Liberdade.

Convido todos a uma oração diária em prol do nosso povo a fim de que tenha discernimento neste momento tão importante da vida nacional.



Profecia da vidente Neila Alckmin:

"A filha distante de vermelho e sem amor pela nossa terra se elegerá graças aos votos de Minas Gerais.

Tomará posse usando vermelho, mesmo diante da enorme tragédia que acontecerá pouco antes no Brasil, ofendendo aqueles que prezam o luto. Haverá apenas um lenço branco.

Um governo triste e sombrio, porem breve, se iniciará sob o signo da tragédia das pedras. Governará ate o dia da grande festa dos soldados, de onde sairá para o hospital.

A doença invisível que lhe corrói as entranhas mostrará sua força como nunca antes visto. Lutará e receberá medicação dos americanos que despreza. Sua agonia será forte e intensa.

O Turco Branco tentará inutilmente se mostrar contrito e respeitoso, mas conspirará na grande casa branca perto do lago, ajudado pelo homem dos cabelos negros que foi falso amigo de Tancredo.

Serão dias e noites de traição e disputas espúrias e de agonia no grande hospital dos patrícios. O Brasil sofrerá com os conchavos e a incerteza. Virão dias de medo e ameaças. Nunca foi amada e o povo acompanhará sua agonia distante. Não terá povo no seu funeral próximo ao carnaval."

- O Turco Branco será Michel Temer (vice)? Zé Dirceu?
- A grande casa branca perto do lago = Palácio do Planalto
- Grande hospital dos patrícios = fácil, o Sirio e Libanês em SP
- tragédia das pedras = ?! Já estou com medo...
- Quem seria esse homem de cabelos negros que foi falso amigo de Tancredo? Sarney ?

ACESSE A LOGO E CONFIRA A MATÉRIA:

Debates Finais │ Explosão de Gentilezas

sábado, 18 de setembro de 2010

ESCÂNDALO - Deputado Lindomar Garçon (PV), joga no lixo denúncia do ex-governador Jerônimo Santana, contra ex-governadores que o sucederam

Um documento com 60 páginas, denominado de "RONDÔNIA - UM ESTADO DE OPORTUNIDADES PERDIDAS", foi literalmente jogado de forma obtusa no lixo rasgado em frente o gabinete do deputado Lindomar Garçon (PV), localizado na Rua José de Alencar, nº 3064 - 2º Andar, o documento que é escrito e assinado por ninguém menos que o ex-governador Jerônimo Garcia de Santana, e é tratado pelo próprio ex-governante como uma denúncia que traz com precisão relatos e acusações diretas, escritas pelo denunciante, que expõem como num filme negativo o retrato dos escândalos financeiros e políticos que ficaram sem respostas contra ex-governadores, políticos, empresas, entidades e autoridades do Estado nos últimos 20 anos, traçando um perfil sombrio e corrupto da história de Rondônia, dignas de serem investigados por todas as camadas institucionais que fiscalizam as contas públicas estaduais e federais, sob pena de serem tidas como co-autoras ou omissas de um grande esquema que assaltou de forma inescrupulosa os cofres públicos do Estado e, os principais investimentos com dinheiro público federal passados, enviados pela união a partir do então governo Raupp.


Tal escândalo, de proporções extratosféricas, serve para reavaliar o atual quadro político oferecido nas atuais eleições e podem e podem até influir na ordem política e econômica no Estado de Rondônia, pois traça uma trajetória que expõe a podridão de certos políticos de carreira, que há muito vem se servindo de esquemas corruptos para promover uma verdadeira orgia com o dinheiro público estadual e principalmente federal, que foram destinados para projetos milionários onde trariam grande desenvolvimento para o Estado, mas foram supostamente desviados de forma criminosa, segundo Jerônimo Santana.

O ex-governador relata a aparição sensacionalista do deputado Lindomar Garçon (PV), durante uma entrevista realizada em 2009, que foi ao ar em seu programa de televisão com o objetivo de angariar Ibope para seu programa e explorando a debilidade física da saúde do ex-governador, quanto ao estado de abandono em que se encontra Jerônimo Santana, com graves problemas de saúde e emocionado pela oportunidade de falar mais uma vez sobre Rondônia.

O tema tema principal do documento entregue ao deputado são, segundo o ex-governador, as improbidades milionárias praticadas pelo governo Raupp, nos programas PLANAFLORO, FERRONORTE e o fechamento do BERON, porém, o documento transcorre ainda uma linha do tempo que trás a público atos e omissões de diversas autoridades e políticos que ao longo dos anos tem transformado o Estado de Rondônia em um verdadeiro paraíso fiscal e financeiro para governantes, secretários, comissionados, entidades e empreiteiros.

O documento tráz relatos com preciosos detalhes de como foram aplicados o dinheiro liberado para o projetos: PLANAFLORO, FERRONORTE, BNDES E BERON, tráz também datas, valores e personagens que esclarecem o “por quê” Rondônia foi atirada a um ciclo vicíoso de estagnação e abandono em seus últimos 20 anos de história, esclarecendo em minucias os enriquecimentos ilícitos de pessoas e empresas aliadas de políticos de carreira, e desvenda mistérios ainda não esquecidos sobre a paralisia que o Estado sofreu em seus setores funcionais mais primários, como o IBAMA, o INCRA e MDA, informações essas que jamais poderiam ser deixadas de serem acolhidas por um deputado federal que tem por obrigação, como fiscal da nação, o dever de repassar tais informações aos orgãos investigativos competentes, sob pena de incorrer no ato de prevaricação, ou seja omitir-se ou acomodar-se a fim de satisfazer interesses pessoais sem revelar tais denúncias quando seu papel público funcional obriga-o a praticar devidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, jogando-os no lixo de seu gabinete, onde foram encontrados.

As 60 páginas tem iníncio desde a época da grilagem de terra e pistolagem em Vila de Rondônia hoje a cidade de Ji-Paraná, destacando o desfalque no orçamento sofrido pelo INCRA para os programas de regularização, que deixaram de ser praticados apoiados pela omissão dos que deveriam lutar pela garantia de terras aos pioneiros.

Trata ainda de uma suposta omissão de parte da bancada federal de Rondônia ao longo dos anos, inclusive da última legislatura, em não promover CPI´s que resultariam em revelações contundentes sobre todo o destino dessas vultuosas quantias, e insinua ainda que mesmo aqueles que tentaram se pronunciar foram calados por forças ocultas e circunstâncias veladas que os fizeram abafar suas próprias palavras.

As páginas do documento revelam ainda ex-assessores e funcionários públicos que se tornaram milionários ("os novos ricos") em um breve espaço de tempo e que sempre foram envolvidos na política do Estado ao até concorreram e concorrem as eleições atuais, e quando não ganham assumem cargos administrativos de grande volume de repasses financeiros.

Tal documento original já foi apresentado as autoridades competentes e com certeza deverão ser devidamente investigados, resta-nos agora ouvir as partes envolvidas e seus devidos esclarecimentos.

ACOMPANHE AGORA O TEOR DAS DENÚNCIAS APRESENTADAS PELO EX-GOVERNADOR JERÔNIMO SANTANA:

CLIQUE AQUI PARA ABRIR O PDF DE 60 PÁGINAS NA ÍNTEGRA (DEVIDO A EXTENSÃO DO ARQUIVO ESTE PROCEDIMENTO LEVARÁ ALGUNS MINUTOS - AGUARDAR 10 MINUTOS)

VEJA ABAIXO A "CARTA DENÚNCIA"DE APRESENTAÇÃO DO DOCUMENTO DE 60 PÁGINAS E QUE FORAM JOGADAS AO LIXO:
(CLIQUE NAS IMAGENS PARA AMPLIÁ-LAS)





VEJA REPORTAGEM COMPLETA NA GAZETADERONDÔNIA.COM.BR

domingo, 12 de setembro de 2010

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Conheça todos os barrados pela Lei da Ficha Limpa no Brasil - 25 só em Rondônia

(Atendendo a pedido de nossos Leitores)

Veja todos as candidaturas que foram até agora indeferidas pela Justiça com base na Lei da Ficha Limpa em Rondônia:

Rondônia
Adilson Rodrigues Tulio (PPS), deputado estadual
Altamiro Souza da Silva (PMN), deputado estadual
Augustinho Pastore (PP), deputado federal
Carlinhos Camurça (PP), deputado estadual
Daniela Santana Amorim (PTB), deputada federal
Ernandes Amorim (PTB), deputado estadual
Expedito Junior (PSDB), a governador
Irandir Oliveira Souza (PMN), deputado estadual
Ivo Cassol (PP), senador
Jair Miotto (PPS), deputado estadual
João Ricardo Gerolomo de Mendonça (PTB), deputado estadual
José Carlos de Oliveira (Carlão de Oliveira) (PRB), deputado estadual
José Guedes (PMDB), deputado estadual
Joventino Ferreira Neto (PCdoB), deputado estadual
Marcos Donadon (PMDB), deputado estadual
Marlon Donadon (PRB), deputado estadual
Melkisedek Donadon (PHS), senador
Natan Donadon (PMDB), deputado federal
Oldemar Antônio Fortes (Gaúcho do Cujubim) (PT do B), deputado estadual
Ronilton Rodrigues Reis (Ronilton Capixaba) (PR), deputado. estadual
Samuel Marques dos Santos (PR), deputado federal
Sueli Aragão (PMDB), deputado estadual
Zulmira Senhora de Brito (PMDB), deputado estadual
Valdelise Martins dos Santos Ferreira (Val Ferreira) (PR), deputado federal

Restante do país:

Acre
Francisco Rodson dos Santos Souza (Pastor Rodson - PR), dep. federal
Francisco Vagner de Santana Amorim (Deda - PP), dep. estadual
Jairo Cassiano Barbosa (PDT), dep. federal
José Altamir Taumaturgo de Sá (PRP), dep. estadual
José Bestene (PP), deputado estadual
José Gadelha das Chagas (Zezinho Gadelha - PCdoB), dep. estadual
José Raimundo Barroso Bestene (PP), dep. estadual
Lourival Mustafá de Andrade (Serraria - PCdoB), dep. estadual
Romildo Magalhães da Silva (PSC), dep. estadual
Vilseu Ferreira da Silva (PP), dep. estadual

Alagoas
Alberto José Mendonça Cavalcante (Sextafeira - PSB), dep. estadual
Eduardo Macedo Holanda (Dudu Holanda - PMN), dep. estadual
Gilberto Gonçalves (PRTB), dep. estadual
João Beltrão (PRTB), dep. estadual
Neno da Laje (PRTB), a dep. estadual
Joaquim Brito (PT), a vice-governador
Ronaldo Lessa (PDT), governador

Amapá
Fran Soares do Nascimento Junior (PMDB), dep. estadual
José Luiz Nogueira de Sousa (PT), dep. estadual
Marta Magno Barroso (PSC), dep. estadual

Bahia
Itamar da Silva Rios (PTB), dep. estadual
Jaldo Batista Souza (PRTB), dep. estadual
Osmar Rodrigues Torres (PTdoB), dep. estadual

Ceará
Adler Primeiro Damasceno Girão (PR), candidato a deputado federal
Antonio Luiz de Araujo Menezes (PMDB), dep. federal
Antonio Marcelo Teixeira Souza (PR), dep. federal
Antonio Roque de Araújo (Sineval Roque) (PSB), dep. estadual
Cirilo Antonio Pimenta Lima (PSDB), dep. estadual
Eduardo Florentino Ribeiro (PSDC), dep. estadual
Eugenio Rabelo (PP), deputado federal
Felipe Aguiar Fonseca da Mota (PR), dep. estadual
Francisco Carlos Macedo Tavares (PSB), dep. estadual
Francisco das Chagas Rodrigues Alves (PSB), dep. estadual
Francisco Edilmo Barros Costa (PR), dep. estadual
Francisco Jeanir de Carvalho Fontenele (PPS), dep. federal
Francisco José Cunha de Queiroz (PTC), dep. estadual
Francisco José Teixeira (PT), dep. estadual
Francisco Leite Guimarães Nunes (PMDB), dep. estadual
Francisco Rubens de Castro Maia Júnior (PV), dep. federal
Jesuíno Rodrigues de Sampaio Neto (PSDB), dep. estadual
Jocélio de Araújo Viana (PHS), dep. federal
José Evangelista Filho (PSDC), dep. estadual
José Gerardo Oliveira de Arruda Filho (Zé Gerardo) (PMDB), dep. federal
José João Alves Almeida (PTN), dep. estadual
José Ilário Gonçalves Marques (PT), dep. federal
José Wilson Alves Chaves (PP), dep. estadual
Luiz Ximenes Filho (DEM), dep. estadual
Manoel Salviano Sobrinho (PSDB), dep. federal
Maria Bethrose Fontenele Araújo (PRP), dep. estadual
Perboyre Silva Diógenes (PSL), dep. estadual
Raimundo Marcelo Carvalho da Silva (PV), a governador
Ronaldo Cesar Feitosa Alexandrino Cidrão (PR), dep. estadual

Distrito Federal
Benício Tavares (PMDB), dep. distrital
Cristiano Araújo (PTB), dep. distrital
Joaquim Roriz (PSC), candidato a governador

Espírito Santo
Luiz Carlos Moreira (PMDB), deputado estadual
Marcelino Fraga (PMDB), deputado estadual
Roberto Valadão (PMDB), deputado estadual
Gilson Gomes (PSDC), dep. estadual
José Carlos Gratz (PSL), a senador
Vasco Alves de Oliveira Junior (PSB), dep. estadual

Goiás
Betinha Tejota (PSB), dep. estadual
Chico Abreu (PR), dep. federal
Dirceu Ferreira de Araújo (PSDB)
Fábio Tokarski (PCdoB), dep. federal
Malvina Maria da Silva (PT), dep. estadual
Marlúcio Pereira (PTB), dep. estadual

Mato Grosso
Gilmar Donizete Fabris (DEM), dep. estadual
Jaime Marques Gonçalves (DEM), dep. estadual
Oscar Martins Bezerra (PSB), dep. estadual
Pedro Henry (PP), deputado federal
Willian Tadeu Rodrigues Dias (PSDB/DEM e PTB), dep. Federal

Mato Grosso do Sul
Eder Moreira Brambilla (PTN), deputado estadual
José Tomaz da Silva (PHS), dep. federal
Isoli Paulo Fontoura (PV), deputado federal
Raul Martines Freixes (PTdoB), dep. estadual

Minas Gerais
Adicio Dias Soares (PTN), deputado federal
Alfredo Pastori Neto (PSL), deputado federal
Athos Avelino (PPS), deputado estadual
Carlinhos Bouzada (PCdoB), deputado estadual
Carlos Alberto Pereira (PDT), deputado federal
Eduardo dos Santos Porcino (PV), deputado estadual
Francelino Silva Santos (PTdoB), deputado estadual
José Fuscaldi Cesílio (Tatico) (PTB), deputado federal
Leonídio Henrique Correa Bouças (PMDB), deputado estadual
Maria Lúcia Mendonça (DEM), deputada estadual
Patrícia dos Santos Martins Rocha (PMN), deputada federal
Pinduca Ferreira (PP), deputado estadual
Ronaldo Canabrava (PMN), deputado estadual
Silas Brasileiro (PMDB), deputado federal
Wellington José Menezes Alves (PCdoB), deputado estadual
Wellington Magalhães (PMN), deputado estadual

Pará
Antônio Armando (PSDB), dep. estadual
Benedito Augusto Bandeira Ferreira (PMDB), dep. estadual
Delvani Balbino dos Santos (PMDB), dep. estadual
Emerson Ferreira Monsef (PMDB), dep. federal
Francisco Aguiar Silveira (PMDB), dep. estadual
Genivaldo Ribeiro Araújo (PPS), dep. estadual
José Fernandes de Barros (PRB), dep. federal
José Roberto da Costa Martins (PCdoB), dep. estadual
Luiz Afonso de Proença Sefer (PP), dep. estadual
Luiz Furtado Rebelo (PP), dep. estadual
Nadir da Silva Neves (PTB), dep. estadual
Roselito Soares da Silva (PR), dep. estadual

Paraíba
Abmael de Sousa Lacerda (PMDB), candidato a deputado estadual
Cássio Cunha Lima (PSDB), a senador
Francisco Edilson da Silva Ribeiro (PCB), dep. estadual
Jacó Maciel (PDT), dep. estadual
João Marques Estrela e Silva (PDT), dep. federal
José Belo da Costa Filho (PT), dep. estadual
José Carlos de Souza (PP), dep. estadual
Leomar Benício Maia (PTB), dep. estadual
Marcio Roberto da Silva (PMDB), dep. estadual
Osvaldo Venâncio dos Santos Filho (PSL), dep. estadual
Salomão Benevides Gadelha (PMDB), dep. estadual
Sebastião Alberto Cândido (PPS), dep. estadual

Paraná
Alessandro Meneguel (DEM), deputado estadual
Antônio Casemiro Belinati (PP), dep. estadual
Antônio Ricardo dos Santos (PP), dep. federal
Carlos Roberto Scarpelini (PP), dep. federal
Erivan Passos Da Silva (PRTB), deputado estadual
Luiz Pereira (Padre Luizinho - PSB), dep. estadual

Pernambuco
Charles Lucena (PTB), dep. federal
Malba Lucena (PTC), dep. estadual
Jacilda Urquisa (PMDB), deputada estadual

Piauí
José Maria da Silva Monção (PTB), dep. estadual
José Roncalli de Costa Paulo (PSDB), dep. estadual
Judson Barros (PV), dep. estadual
Paulo Cesar Vilarinho Soares (PTB), dep. estadual
Pedro Henrique de Arêa Leão Costa (PTB), dep. estadual

Rio de Janeiro
Alexandre Mocaiber (PSB), deputado estadual
Arnaldo França Vianna (PDT), dep. federal
Benedito Wilton de Morais (Broder - PSB), dep. estadual
Celso Alencar Ramos Jacob (PMDB), dep. federal
Darlei Braga (PMDB), deputado federal
Flávio Campos Ferreira (Dr. Flávio - PR), dep. estadual
Janilde Jesus Nonato Costa (PP), dep. estadual
José Bonifácio Ferreira Novellino (PDT), primeiro-suplente de senador
José Carlos Faria (PDT), dep. estadual
Narriman Felicidade Correa Faria Zito dos Santos (PRB), dep. estadual
Neilton Mulim (PR), deputado federal

Rio Grande do Sul
Adão Moacir Gegler (PTC)
Simone Janson Nejar (PTB)
Luiz Carlos dos Santos Olympio Mello (PSDB)
Reinaldo Antônio Nicola (PDT)
Luiz Carlos Repiso Riela (PTB)

Santa Catarina
João Pizzolatti (PP), candidato a dep. federal
Marcos Aurélio Marcucci (PSDB), dep. estadual
Rogério Novaes (PV), governador
Sérgio Nercides de Oliveira (PMDB), dep. estadual

São Paulo
Aldo Josias dos Santos (Psol), candidato a vice-governador
Airton Garcia Ferreira (DEM), dep. federal
Aloisio Vieira (PSC), dep. estadual
Antônio Aparecido Rodrigues da Silva (PSL), a dep. federal
Antônio Dirceu Dalben (PPS), dep. estadual
Ataide Souza Pinheiro (Psol), dep. estadual
Carlos Aymar Srur Bechara (PSL), a dep. federal
Cesar Aparecido Nunes (PT), dep. federal
Diniz Lopes dos Santos (PR), dep. estadual
Edson Joaquim de Freitas (PP), dep. estadual
Elcio Fiori de Godoy, (PPS), dep. Estadual
Élio Aparecido de Oliveira (PSC), dep. estadual
Fábio Bello (PMDB), dep. estadual
Fauzi Nacle Hamucle (PP), a dep. federal
Félix Sahão Júnior (PT), a dep. federal
Francisco Esmeraldo Felipe Carneiro (PMN), a dep. federal
Francisco Rossi de Almeida (PMDB), dep. federal
Gildenor Alves Freire (PT), a dep. federal
Hélio Miachon Bueno (PMDB), dep. estadual
João Carlos Caramez (PSDB), dep. estadual
Joneide Gomes Lopes (PTB), dep. federal
José Gomes Custódio da Silva (PRP), dep. estadual
José Roberto Tricoli (PV), dep. estadual
Leonice da Paz (PDT), dep. estadual
Liberato Rocha Caldeira (PP), dep. federal
Liliana Medeiros de Almeida Aymar Bechara (PR), dep. estadual
Luciano Batista (PSB), dep. estadual
Luiz Antônio Dias da Silva (PDT), dep. federal
Márcio Chaves Pires (PT), dep. estadual
Maria Duarte (PTB), dep. estadual
Nelson Morale Junior (Psol), a dep. estadual
Névio Luiz Aranha Dartora (PSDB), dep. estadual
Paulo Henrique Pastori (PTC), dep. estadual
Paulo Maluf (PP), dep. federal
Paulo Roberto Gomes Mansur (PP), dep. federal
Raimundo Taraskevicius Sales (DEM), dep. estadual
Ricardo Rodrigues Pereira (PCB), dep. estadual
Ronaldo Ferreira da Costa (PPS), dep. estadual
Rosveres Celestino (PSB), dep. estadual

Sergipe
José Renato Vieira Brandão (Renatinho - PMDB), dep. estadual
Rubens Oliveira Bastos (Rubens Exator - PTdoB), dep. estadual

Tocantins
Abraão Cavalcante Lima (PPS), candidato a deputado estadual
Carlos Walfredo Reis (DEM), dep. estadual
José Carlos Teixeira Martins (PSDB), dep. estadual

Voto de Revolta


CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

ENQUANTO ISSO EM ALAGOAS...

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

ENQUANTO ISSO EM CUBA...

domingo, 29 de agosto de 2010

Dilema Eleitoral - De Rui Barbosa a Tiririca


No universo nacional de opções eleitorais, o Brasil se transformou em um verdadeiro celeiro de diversidades nos últimos cinquenta anos de idas e vindas e dos altos e baixos da evolução na democracia interna do país.

A enorme pluralidade de pretendentes que surgem a cada nova eleição, entre estes, músicos, jogadores de futebol, humoristas, cantores, garis, boiadeiros, pedreiros entre outros, ou seja, setores da camada social que há poucos anos atrás nem ousavam cogitar a possibilidade de se inscreverem numa disputa eleitoral.

Não que a lei proíba a participação destes pretendentes, pois desde que Getúlio Vargas promulgou a liberação para o voto feminino na década de 30 (24 de fevereiro de 1932), e já se vão 78 anos que isso se tornou realizadade, o que antes era restrito aos homens no país, a universalização na escolha e na disputa ficou garantida e todos se tornaram livres para escolher e participar.

As pioneiras

Outro evento importantíssimo foi também a ascenssão das mulheres aos cargos públicos, o que veio a acontecer mesmo antes da liberação do voto, porém sob a constante ameaça de perca do mandato por parte dos cacíques do poder.

Alzira Soriano (32 anos) tornou-se a primeira mulher eleita no País, ao vencer com 60% dos votos a disputa para prefeitura de Lages (RN), pelo Partido Republicano (1928). Seu mandato foi garantido pela Justiça até a Revolução de 1930, quando ela o perde por discordar das normas impostas pelo governo de Getúlio Vargas. Foi somente com o Código Eleitoral de 1932 que as mulheres passaram a ter direito ao voto. Desde então, a participação feminina na política vem ganhando espaço e conquistando destaque no cenário nacional.

Em 1934, as mulheres intensificaram sua participação na política nacional, ano em que Carlota Pereira de Queiroz assume como primeira deputada federal, pelo Partido Constitucionalista de São Paulo. Durante seu mandato, preocupou-se com a criança abandonada, a situação da mulher, a educação e a assistência social, reafirmando sempre a confiança do País na capacidade da mulher brasileira. Carlota atuou até 1937, quando o presidente Getúlio Vargas fechou o Congresso Nacional.

As 26 deputadas constituintes de 1988, apoiadas por diversas frentes feministas, conquistaram importantes avanços para as brasileiras na Constituição Federal de 1988. Entre eles, destaque para a garantia de igualdade a todos os brasileiros perante a lei sem qualquer tipo de distinção.

Foi no governo de Fernando Collor (1990-92) que o Brasil teve a sua primeira ministra, período em que Zélia Cardoso de Mello assumiu a pasta da Economia. Júnia Marise (PDT/MG) foi a primeira senadora eleita, em 1990. Roseana Sarney foi pioneira ao se eleger governadora do Maranhão, sendo reeleita em 1998.

Porém, só há pouco mais de 15 anos, com a aprovação maciça das urnas que proporcionaram uma vitoriosa eleição do cantor Aguinaldo Timóteo para deputado federal, que na época foi alvo de inúmeras piadas que diziam que ele só serviria para cantar o hino nacional nas aberturas das sessões do Congresso, de lá pra cá muita coisa mudou no cenário político nacional, estadual e municipal.

BREVE RESUMO DA HISTÓRIA:
Em 1985, o primeiro presidente civil após o Golpe de 64 foi eleito: Tancredo Neves. Apesar de indireta, sua escolha entusiasmou a maioria dos brasileiros, marcando o fim do Regime Militar e o início da redemocratização do País.

Com a morte de Tancredo, logo após sua eleição a presidência foi ocupada pelo vice, José Sarney, que, ironicamente, era um dos principais líderes da Arena, partido que apoiava o Regime Militar.

Apesar disso, o período conhecido como Nova República trouxe avanços importantes: ainda em 1985, uma emenda constitucional restabeleceu eleições diretas para a presidência e para as prefeituras das cidades consideradas como área de segurança nacional pelo Regime Militar. A emenda também concedeu direito de voto aos maiores de 16 anos e, pela primeira vez na história republicana, os analfabetos também passaram a votar, um dos grandes avanços das eleições.

A emenda constitucional de 10 de maio de 1985 também extinguiu a fidelidade partidária e flexibilizou as exigências para o registro de novos partidos, o que permitiu a legalização do PCdoB e do PCB.

Nova Constituição

Promulgada em 1988, a nova Constituição estabeleceu eleições diretas com dois turnos para a presidência, os governos estaduais e as prefeituras com mais de 200 mil eleitores e prevê ainda mandato de cinco anos para presidente. Também mantém o voto facultativo aos analfabetos e aos jovens a partir dos 16 anos.

O texto trouxe ainda avanços como a garantia dos direitos humanos contra a arbitrariedade do Estado, a proibição da tortura, o fim da censura, a igualdade de direitos entre homens e mulheres. A nova Carta também transformou o racismo em crime. A Constituição de 88 acabou transformando-se em um dos símbolos da expectativa dos brasileiros por dias melhores.

No seu texto trouxe ainda avanços como a garantia dos direitos humanos contra a arbitrariedade do Estado, a proibição da tortura, o fim da censura, a igualdade de direitos entre homens e mulheres. A nova Carta também transformou o racismo em crime. A Constituição de 88 acabou transformando-se em um dos símbolos da expectativa dos brasileiros por dias melhores.

Eleições diretas
Após 29 anos com eleições presidenciais indiretas, somente em 1989 o brasileiro voltou a escolher pelo voto direto o presidente da República. O País consolidava de vez a democracia. A eleição foi a mais concorrida da história da República, com 24 candidatos, entre eles, Ulysses Guimarães, Paulo Maluf, Mário Covas, Fernando Collor de Mello e Luiz Inácio Lula da Silva. O período foi marcado por grandes comícios, e o horário eleitoral, segundo os historiadores, foi o mais importante na formação de opinião dos eleitores.

De lá pra cá
Mas isso já faz parte da história, porém, em meio a esse amadurecimento revolucionário da nossa democracia ficamos sujeitos a toda sorte de situações que nos fazem sentir medo e constrangimento a certo ponto, pois a imagem do político padrão, como sendo uma pessoa extremamente instruída, preparada e erudita, a exemplo do inimitável baiano Rui Barbosa, que exerceu os cargos de deputado federal, senador, ministro da república e candidato a presidência (único cargo que não assumiu), vai se desfazendo entre os nossos dedos.

Hoje, a cada nova eleição somos surpreendidos com o aumento das celebridades que entram na política a exemplo do estilista Clodovil Ernandes, que em sua breve passagem no cenário político pouco contribuiu para a vida dos brasileiros na Câmara Federal, a não ser pelas inusitadas aparições de seu gabinete transformado em um ponto turístico no Congresso e que foi mais evidenciado que o próprio deputado.

Confesso que a insegurança gerada por essa situação me deixa cada vez mais apreensivo quanto ao futuro da nação, pois a qualquer momento podemos receber a notícia de que o senhor Francisco Everardo Oliveira (Tiririca), venha a ser o primeiro humorista a ssumir a presidência da república, não que ele seja incapaz de nos surpreender e transformar o país para melhor a aexemplo do metalúrgico Luís Inácio Lula da Silva, mas que a idéia é apavorante isso é, que me perdõem os eleitores sem noção, que hoje com certeza somam a grande maioria dos votos.

Mas, enfim, que viva la democrácia e que Deus nos ajude, afinal,a voz do povo é a voz de Deus!


Lista das celebridades que irão concorrer nestas eleições:

Marcelinho Carioca (Jogador de Futebol) - Deputado Federal
Túlio Maravilha (Jogador de Futebol) - Deputado Estadual
Vampeta (Jogador de Futebol) - Deputado Federal
Tiririca (Humorista) - Deputado Federal
Tati Quebra Barraco (Funkeira) - Deputada Federal
Ronaldo Ésper (Estilista) - Deputado Federal
Romário (Jogador de Futebol) - Deputado Federal
Reginaldo Rossi (Cantor) - Deputado Estadual
Mulher Melão (Artista) - Deputada Estadual
Mulher Pêra (Artista) - Deputada Federal
Kiko do KLB (Músico) - Deputado Federal
Leandro do KLB (Músico) - Deputado Estadual
Batoré (Humorista) - Deputado Federal

sábado, 14 de agosto de 2010

Só São Expedito na causa...

(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA)

Qualquer semelhança é mera coincidência...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Da série: A dura vida de um político na corda bamba

(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA)

(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA)

Começa aqui a série: "Eu creio em milagres"

Se as águas do mar da vida...

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA

domingo, 8 de agosto de 2010

Falando Sério - Carlos Colla em Porto Velho


1st collector for Falando Sério - Carlos Colla em Porto Velho
Follow my videos on vodpod

Super show do compositor mais gravado da MPB

sábado, 7 de agosto de 2010

Guardas municipais de trânsito estão sendo rigorosos com motoristas mal educados

MOTORISTA FLAGRADO POR ESTACIONAR EM LOCAL PROIBÍDO
(CLIQUE NA IMAEM PARA AMPLIÁ-LA)
Há que se reconhecer que a prefeitura de Porto Velho está aplicando de forma acertada o dinheiro público com relação a reeducação do trânsito de Porto velho, que há muito tempo precisava de um "esfregão na orelha".

É comum ver pelos quatro cantos da cidade motoristas indisciplinados que insistem em praticar os piores tipos de infrações deixando exemplos deploráveis ao jovens e futuros motoristas que acabam entendendo que o errado é a expressão do certo.

Vale lembrar que também foi dado valor ao público feminino, o qual percebe-se que teve seu contingente aumentado consideravelmente, vê-se várias mulheres atuando pelas ruas e avenidas da cidade.

Por puro interesse social, fiz questão de registrar a atuação dos novos funcionários da guarda de trânsito municipal, que está contribuindo em muito com um melhor funcionamemto do trânsito portovelhense.
(CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA)

Aquilo que está sendo bem feito tem que ser reconhecido e publicitado, e reconheço que a prefeitura investiu bem o dinheiro público na questão da fiscalização do trânsito, parabéns aos responsáveis por essa inovação na SEMTRAN.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Carlão de Oliveira é impugnado pelo TRE/RO


1st collector for Carlão de Oliveira é impugnado pelo TRE/RO
Follow my videos on vodpod

O candidato a deputado Estadual Carlão de Oliveira é impugnado por unânimidade pelo TRE de Rondônia

Impugnação de Ronilton Capixaba


1st collector for Impugnação de Ronilton Capixaba
Follow my videos on vodpod

TRE de Rondônia impugna mais condidato a deputado estadual

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

TSE suspende resultado de pesquisas

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral suspenderam a divulgação de 14 resultados de pesquisas eleitorais com intenção de votos para a Presidência, pois não traziam a lista de todos os candidatos. Foi suspensa a divulgação de pesquisas feitas nos estados de Mato Grosso, Santa Catarina e Distrito Federal. Segundo a lei eleitoral, a partir do dia 5 de julho as pesquisas devem ter o nome de todos aqueles que pediram o registro de candidatura.

Trabalhador poderá ter carteira de motorista financiada pelo FAT

O trabalhador de baixa renda que está desempregado poderá ter o custo da carteira nacional de habilitação financiado pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador. É o que prevê um projeto pronto para entrar na pauta de votações do Plenário. O autor da proposta, senador César Borges (PR), considera que a obtenção da carteira de motorista serve como qualificação profissional, aumentando as oportunidades de emprego, e as chances de permanecer empregado. Se aprovado, o projeto seguirá para a Câmara dos Deputados.

Fotografia é história: Rolando na lama

A foto é de Orlando Brito.
Entre os anos de 1977 e 1983 o Brasil viu acontecer a maior migração interna de sua história. Garimpeiros, comerciantes, desempregados, pilotos de avião, geólogos, religiosos, profissionais liberais, prostitutas e todos os tipos de aventureiros foram tentar o futuro nas terras do Pará, mais precisamente em Serra Pelada.

Foi preciso que o governo do general João Figueiredo designasse um interventor, o major Sebastião Curió, para controlar a multidão de 80 mil pessoas que formavam um verdadeiro formigueiro humano, com gente de todas as regiões do país. Literalmente, enfiavam a cara na lama em busca da sorte. Serra Pelada ficou conhecida como o maior garimpo a céu aberto do mundo e, no auge da exploração, o ano de 1983, chegou a produzir 14 toneladas de ouro.

domingo, 1 de agosto de 2010

Quando será que MP vai se pronunciar?


Ao passar pela avenida Marechal Deodoro, esquina com a Pinheiro Machado, crianças e adultos se deparam com um out door inusitado sobre um evento de aniversário de uma casa de shows, considerada de alto estilo, porém, a imagem da atração principal desnudada e expondo os mamilos deixa muito a desejar do bom senso dos organizadores.

Não que eu tenha alguma coisa contra a beleza da Dj Chris Miller, mas acho que para se atingir o público as peças publicitárias estão se tornando cada vez mais apelativas, comprometendo em muito a norma dos bons custumes que regem a nossa sociedade.

Acho francamente que não é necessário colocar a moça pelada em uma das esquinas mais movimentadas do Estado de Rondônia para atrair o maior número de presentes ao evento anunciado.

Sou a favor que o Ministério Público dê uma advertência rigorosa aos organizadores do eventos, pois se a moda pegar, daqui uns dias poderemos nos deparar com o retrato do Maradona pelado, ou quem sabe até mesmo de uma sobrinha sua que você carregou no colo quando ainda bebê...

Ora vamos e venhamos, é no mínimo constrangedor, pois passamos todos os dias pela tal avenida com os nossos filhos que acabam tendo como exemplo essa triste e imoral forma de vender o ser humano não pelos seus valores profissionais, mas como um pedaço de carne, através da depravação da sensualidade e erotismo obsceno e barato.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

12 bombeiros - Esse é o contigente disponível para atender a qualquer proporção de incêncio na Capital


Fiquei terrivelmente pasmo de surpresa ao saber hoje, através de um noticiário da TV Candelária (Record), em que a reportagem entrevistou um comandante do Corpo de Bombeiros que afirmou haver apenas 12 soldados disponíveis para atender a possíveis emergências em toda a cidade de Porto Velho.

Segundo o oficial, além do contingente ser infímio diante das inúmeras ocorrência, que aumentaram cerca de 600% de 2008 pra cá, passando de 9 para 58 incêndios residenciais,só na capital,fora os rurais,ficando no ar a pergunta que todo mundo quer ouvir respondida:

O que vai acontecer com os meses de agosto e setembro onde a seca amazônica promete ser um das mais castigantes???

domingo, 18 de julho de 2010

PUBLICIDADE

ESTOU EM PAZ, E VOCÊ ?

Um Diploma ou um Sacerdócio?

Que respostas podemos dar à indagação sobre os motivos de se exigir que o profissional de Jornalismo seja formado por uma faculdade?

Digamos, desde logo, que a faculdade não vai "fazer" um jornalista. Ela não lhe dá técnica se não houver aptidão, que denominamos de vocação.

A questão é mais séria e mais conseqüente. A faculdade, além das técnicas de trabalho, permite ao aluno a experiência de uma reflexão teórica e, principalmente, ética.

Não achamos absurdo que um médico deva fazer uma faculdade. É que vamos a ele entregar o nosso corpo, se necessário, para que ele corte, interfira dentro de seu funcionamento, etc.

Contudo, por vezes discutimos se existe necessidade de faculdade para a formação do jornalista, e nos esquecemos que ele faz uma intervenção muito mais radical sobre a comunidade, porque ele interfere, com seus artigos, suas informações e suas opiniões, diretamente dentro de nosso cérebro.

Acho que, pelo aspecto de cotidianidade que assumiu o Jornalismo, a maioria das pessoas esquece que o Jornalismo não é uma prática natural.

O Jornalismo é uma prática cultural, que não reflete a realidade, mas cria realidades, as chamadas representações sociais que interferem diretamente na formulação de nossas imagens sobre a realidade, em nossos valores, em nossos costumes e nossos hábitos, em nossa maneira de ver o mundo e de nos relacionar com os demais.

A função do Jornalismo, assim, é, socialmente, uma função extremamente importante e, dada a sua cotidianidade, até mais importante que a da medicina, pois, se não estamos doentes, em geral não temos necessidade de um médico, mas nossa necessidade de Jornalismo é constante, faz parte de nossas ações mais simples e, ao mesmo tempo mais decisivas, precisamos conhecer o que pensam e fazem nossos governantes, para podermos decidir sobre as atividades de nossa empresa; ou devemos buscar no Jornalismo a informação a respeito do comportamento do tempo, nas próximas horas, para decidirmos como sair de casa, quando plantar, ou se manter determinada programação festiva.

Buscamos o Jornalismo para consultar sobre uma sessão de cinema, sobre farmácias abertas em um feriadão, mas também para conhecermos a opinião de determinadas lideranças públicas a respeito de determinado tema, etc.

Tudo isso envolve a tecnologia e a técnica, o nível das aptidões, capacidades e domínio de rotinas de produção de um resultado final, que é a notícia.

Mas há coisas mais importantes: um bom jornalista precisa ter uma ampla visão de mundo, um conjunto imenso de informações, uma determinada sensibilidade para os acontecimentos e, sobretudo, o sentimento de responsabilidade diante da tarefa que realiza, diretamente dirigida aos outros, mais do que a si mesmo.

Quando discuto com meus colegas a respeito da responsabilidade que eu, como profissional tenho, com minha formação, resumo tudo dizendo: não quero depender de um colega de profissão, "transformado" em "jornalista profissional", que eventualmente eu não tenha preparado corretamente para a sua função.

A faculdade nos ajuda, justamente, a capacitar o profissional quanto às conseqüências de suas ações.

Mais que isso, dá ao jornalista, a responsabilidade de sua profissionalização, o que o leva a melhor compreender o sentido da tarefa social que realiza e, por isso mesmo, desenvolver não apenas um espírito de corpo, traduzido na associação, genericamente falando, e na sindicalização, mais especificamente, mas um sentimento de co-participação social, tarefa política (não partidária) das mais significativas.

Faça-se uma pergunta aos juízes do STF a quem compete agora julgar a questão, mais uma vez, questão que não deveria nem mais estar em discussão: eles gostariam, de ser mal informados?

Eles gostariam de não ter acesso a um conjunto de informações que, muitas vezes, são por eles buscadas até mesmo para bem decidirem sobre uma causa que lhes é apresentada através dos autos de um processo?

E eles gostariam de consultar uma fonte, sempre desconfiando dela?

Porque a responsabilidade do jornalista reside neste tensionamento que caracteriza o Jornalismo contemporâneo de nossa sociedade capitalista: transformada em objeto de consumo, traduzido enquanto um produto que é vendido, comercializado e industrializado, a notícia está muito mais dependente da responsabilidade do profissional da informação, que é o jornalista, do que da própria empresa jornalística que tem, nela, a necessidade do lucro.

Assim sendo, é da consciência aprofundada e conscientizada do jornalista quanto a seu trabalho, que depende a boa informação.

E tal posicionamento só se adquire nos bancos escolares, no debate aberto, no confronto de idéias, no debate sério e conseqüente que se desenvolve na faculdade.

Eis, em rápidos traços, alguns dos motivos pelos quais é fundamental que se continue a exigir a formação acadêmica para o jornalista profissional.

A academia não vai fazer um jornalista, mas vai, certamente, diminuir significativamente, a existência de maus profissionais que transformam a informação, traduzida na notícia, em simples mercadoria.

Danny Bueno
Ocorreu um erro neste gadget

______________ ÚLTIMOS VÍDEOS :

Loading...

_______________Arquivo vivo: