»»» LEITURA OBRIGATÓRIA

PUBLICIDADE

Pesquisar matérias no Blog

GALERIA DE VÍDEOS DO BLOG:

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Empresa ligada a prefeito firma contrato de R$ 33 milhões com a Ceron

O prefeito de Ouro Preto do Oeste, Juan Alex Testoni (PTN), é um homem de sorte. Sua empresa, a Materias para Construção Dom Bosco LTDA, firmou um contrato de R$ 33,5 milhões com Centrais Eletréticas de Rondônia (Ceron) para execução de obras de eletrificação rural.
ALEX_VIDEOO contrato foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União.
Contrato: CERON/PR/177/2011. Contratante: Centrais Elétricas de Rondônia S.A. - Ceron. Contratada: Materiais para Construção Dom Bosco Ltda. Proveniente da Concorrência n.º 004/2011.
Objeto: Contratação de empresa de engenharia para levantamento de dados, elaboração de projetos executivos e execução de obras de eletrificação rural georreferenciadas, com cadastramento de consumidores, instalação e ligação de medidores no estado de Rondônia, com fornecimento integral de materiais, equipamentos e de mão-de-obra, em atendimento ao Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Energia Elétrica - LUZ Para Todos.
Vigência: 15 (quinze) meses. Valor total R$ 33.595.046,69 (trinta e três milhões, quinhentos e noventa e cinco mil, quarenta e seis reais e sessenta e noventa centavos).
Assinatura: 10/11/2011. Marcos Aurélio Madureira da Silva - Diretor Presidente e Luis Hiroshi Sakamoto - Diretor de Gestão, pela Contratante, Juan Alex Testoni - Sócio Gerente, pela Contratada.


sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Aniversário da Vitória Emanuela

Minha filha Vitória Emanuela completou mais um aninho de vida neste dia 01/11/2011 e estava radiante.

Dou graças a deus todos os dias pelos meus 3 filhos amados que nunca me saem do pensamento e nem do coração.

agradeço a todos os amigos que estiveram presentes a esta singela reunião de aniversário e que  presentearam a nossa filha com a sua simpatia e calor humano.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Meio século de espera...

Até agora, apenas carros fabricados antes da revolução de 1959 — em sua maioria, americanos — podiam ser comercializados em Cuba.
Até agora, apenas carros fabricados antes da revolução de 1959 podiam ser comercializados em Cuba.
Nilo Fujimoto
Você gostaria de viver num paraíso onde liberdade é apenas um sonho, onde todos são iguais (na miséria e no infortúnio) exceto os “mais iguais que os outros” e a fraternidade é o conluio entre os dirigentes.
Cuba é esse paraíso, a ilha da fantasia do socialismo latino-americano para o qual alguns se dirigem apenas de passagem, óbvio, para prestigiá-la e privar com “el comandante” e receber seus “conselhos” e os “bons” influxos de um ambiente resultante da aplicação brutal do ideal comunista.
No outro extremo, a realidade dos “proletários unidos” é outra, como se pode deduzir da notícia publicada na Folha de São Paulo ( 29/9/2011), sob o título “Cuba autoriza comercialização de carros”. Diz o vespertino que, com a edição digital da Gazeta Oficial (www.gacetaoficial.cu) de 28 de setembro último, o pobre “endinheirado” cubano poderá – após um espera de meio século (!) – realizar o que qualquer pessoa nos países não comunista pode: a livre comercialização de um simples veículo.
Segundo a reportagem da Folha,  a lei estabelece que “quem comprar ou vender carros na ilha deverá pagar um imposto de 4% sobre o valor do veículo. Os consumidores ainda deverão apresentar uma declaração de que o dinheiro usado para a compra foi obtido de forma legal. Até agora, apenas carros fabricados antes da revolução de 1959 — em sua maioria, americanos — podiam ser comercializados em Cuba.  Com a mudança, não haverá restrição de ano ou modelo para a compra, e será permitido que cada cidadão adquira mais de um carro.”
Triste situação a de nossos infortunados irmãos cubanos. Se não há nada para invejar do paraíso cubano, devemos sim recear a ditadura anunciada pelos dirigentes de esquerda no Brasil. Num passado não muito distante houve grupos armados que justificaram seus atos de terrorismo e formação de guerrilha arguindo não suportar viver em regime ditatorial. Porém, o que hoje não querem confessar – e estão ocupando atualmente as mais altas esferas políticas e sociais – é que a derrubada daquele regime tinha como meta o estabelecimento de um regime nos moldes cubanos e houvera logrado realizar não fosse a atuação de forças vivas anticomunistas.
Ocupou o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira um lugar de inegável destaque no panorama nacional e internacional como líder e orientador, intrépido na trincheira polêmica, paladino da luta anticomunista. Nossas homenagens pela passagem do décimo sexto ano de seu falecimento ocorrido em 3 de outubro de 1995. Maior homenagem, seguramente, é seguir defendendo os ideais por ele proclamado com tanta galhardia.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Fazem falta verdadeiras elites


Leo Daniele (*)

Poucas coisas existem simples como a desigualdade. Poucas complicadas, torcidas e equivocadas, como o igualitarismo.

Neste mundo sem dogmas e sem religião, o igualitarismo é uma espécie de “dogma”. Para os igualitários, as desigualdades são como as doenças: não se consegue evitá-las completamente, mas é preciso afastá-las o quanto for possível.

Verdadeiro ou falso? Falso! Como se lê no livro “Nobreza e Elites Tradicionais análogas”, de Plinio Corrêa de Oliveira (ao lado foto da capa) . E inclusive a sabedoria imemorial de todos os povos rejeita essa concepção igualitária.

A falta de espaço impede uma explanação metódica e completa sobre o tema das desigualdades, como a faria Dr. Plinio, considerado “o teólogo das desigualdades sociais”. Ouçamos, entretanto, em breves sentenças o eco da sabedoria dos povos e dos milênios, sobre este asssunto.

  • O velho Eurípedes afirmava que a igualdade não tem outra existência que a de seu nome.
  • Plutarco observava que a distância de animal a animal de espécies diversas não é tão grande quanto a que vai de homem a homem.
  • Constatam os árabes que até os cinco dedos da mão não são iguais.
  • Os alemães, de seu lado, recomendam a quem procura a igualdade, que vá ao cemitério.
  • Dizem os indianos: “entre os homens, uns são jóias, outros pedregulhos”.
  • Com espírito, acrescentam os turcos: “os cisnes pertencem à mesma família que os patos, só que eles são cisnes”.
  • Os gregos sentenciam: “Se o sol não existisse, seria noite apesar da presença de todas as estrelas”.
  • Vauvenargues remata: “A natureza nada fez de igual; sua lei soberana é a submissão e a dependência”.

E cada leitor pode acrescentar suas observações, pois até duas gotas de água da chuva que caem numa vidraça são desiguais. Se isso é assim, é porque Deus quis que assim fosse. Vamos, então, para as alturas! “Sede perfeitos, como vosso Pai celeste é perfeito”, ensinava Nosso Senhor.

O que concluir? Deus é o autor de todas as desigualdades e, respeitada a igualdade fundamental proveniente do fato de todos os homens terem a mesma natureza e os mesmos direitos fundamentais, devemos amar as desigualdades se queremos amar a Deus.

Bem… se isto for visto assim por muitos, será natural a formação de numerosas elites. Sim, de verdadeiras elites. De elites tradicionais. De elites autênticas. De cuja ausência, hoje tanto se ressente a sociedade brasileira.
____________ 
(*)  Léo Daniele é colaborar da ABIM

domingo, 28 de agosto de 2011

Monavie Testemunhos.mp4


1st collector for Monavie Testemunhos.mp4
Follow my videos on vodpod

Conheça a Monavie, uma fantástica proposta de vida saúdável, bem estar e ganhos imediatos.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

UMA NOVA RONDÔNIA

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Alex Testoni é denunciado novamente pelo MPF

Alex_Testoni1O convênio firmado com o Ministério da Educação autorizou o repasse de R$170.973,00 para a compra de um veículo zero quilômetro que deveria fazer o transporte escolar de alunos da Educação Básica do município.

A prestação de contas deveria ter sido feita até março de 2009, porém, o prefeito só a apresentou em maio do mesmo ano. "O denunciado, na condição de prefeito do município, não cumpriu com sua obrigação legal de prestar contas no prazo previsto no convênio, sendo que o atraso na apresentação das contas configura infração à lei", explicou o procurador regional da República Osnir Belice.
A denúncia aguarda o recebimento pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).
Nº judicial: 0026718-83.2011.4.01.0000

terça-feira, 26 de julho de 2011

BRASIL UM PAÍS DE QUASE TODOS !

- Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para comandar uma fragata !


- Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa
do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage.



- Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um
oficial-general do Exército que comanda uma Região Militar ou uma grande fração do Exército.



- Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro do que
ganha um professor universitário federal concursado, com mestrado, doutorado e prestígio internacional.



- Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos,
mas que não passa de um "aspone" ou um mero estafeta de correspondências, ganha mais que um

cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas.

 

- O SUS paga a um médico, por uma cirurgia cardíaca com abertura de peito, a importância de R$ 70,00,

equivalente ao que uma diarista cobra para fazer a faxina num apartamento de dois quartos.


PRECISAMOS URGENTEMENTE DE UM CHOQUE DE MORALIDADE NOS TRÊS PODERES DA UNIÃO,  ESTADOS E MUNICÍPIOS, ACABANDO COM OS OPORTUNISMOS E CABIDES DE EMPREGO.

OS RESULTADOS NÃO JUSTIFICAM O ATUAL NÚMERO DE SENADORES, DEPUTADOS FEDERAIS, ESTADUAIS E VEREADORES.

TEMOS QUE DAR FIM A ESSES "CURRAIS" ELEITORAIS, QUE TRANSFORMARAM O BRASIL NUMA OLIGARQUIA SEM ESCRÚPULOS, ONDE OS NEGÓCIOS PÚBLICOS SÃO GERIDOS PELA “BRASILIENSE COSA NOSTRA”.

O PAÍS DO FUTURO JAMAIS CHEGARÁ A ELE SEM QUE HAJA RESPONSABILIDADE SOCIAL E COM OS  GASTOS PÚBLICOS.

SERÁ QUE JÁ PERDEMOS A CAPACIDADE DE NOS INDIGNAR?

O PIOR É QUE ACEITAMOS ESSAS COISAS COMO SE TIVESSE QUE SER ASSIM MESMO  OU QUE NADA TEM MAIS JEITO.


  SERÁ QUE VALE A PENA TENTAR?

domingo, 24 de julho de 2011

quinta-feira, 9 de junho de 2011

4 lugares misteriosos nos oceanos

Você provavelmente já ouviu falar do Triângulo das Bermudas, área oceânica famosa por fazer barcos desaparecem misteriosamente. Infelizmente, esse não é o único lugar com segredos obscuros e atividade (aparentemente) paranormal. Mais regiões das águas já passaram por situações inexplicáveis. Confira:
1 – Triângulo das Bermudas
O Triângulo das Bermudas, uma região da parte ocidental do Atlântico Norte, é definido pelos seus pontos em Bermuda, Flórida e Porto Rico. A área tem uma longa reputação de misteriosamente engolir barcos, navios e até aviões.
Algumas pessoas acreditam que a região contém um buraco para outra dimensão, enquanto outros dizem que a área é um local de atividade OVNI e que alienígenas estariam abduzindo os barcos perdidos.
A primeira vez que o Triângulo das Bermudas atraiu atenção foi em dezembro de 1945, quando cinco aviões da marinha dos Estados Unidos desapareceram durante um exercício de treinamento. Antes de perder contato com o rádio e desaparecer em algum lugar ao largo da costa do sul da Flórida, o líder do voo teria dito: “Estamos entrando em águas brancas, nada parece familiar”. Nunca mais se ouviu falar dos 14 homens. Mesmo a aeronave de busca e resgate com 13 homens a bordo, enviada para localizar os aviões desaparecidos, também desapareceu inexplicavelmente.
Desde então, o desaparecimento de embarcações na área, incluindo um navio-tanque americano transportando uma tripulação de 39 pessoas em 1963, e um navio americano com 309 tripulantes em 1918, ficaram conhecidos e o Triângulo das Bermudas virou tópico de assombração.
2 – Mar dos Sargaços
Não há costa no Mar dos Sargaços, uma região no meio do oceano Atlântico Norte cercada por correntes oceânicas. As correntes marinhas depositam plantas e lixo no Mar dos Sargaços, fazendo com que seja cheio de sargaço, um gênero de alga marrom denso e invasivo. Devido ao acúmulo de algas e ao isolamento criado pelas correntes, o mar permanece estranhamente quente e calmo, apesar de estar rodeado por águas geladas e agitadas.
A estranha calma contribui para o mistério da área, já que vários navios foram encontrados à deriva, sem nenhuma tripulação, nas suas águas pacíficas. Em 1840, o navio mercante francês Rosalie navegou pelo Mar dos Sargaços e foi descoberto mais tarde com suas velas em pé, mas sem tripulantes a bordo. Em um esforço para explicar os desaparecimentos misteriosos, o folclore do século XIX dizia que as algas do mar eram carnívoras, e devoravam os marinheiros, deixando somente os navios.
3 – Mar do Diabo, Japão
O Mar do Diabo, também conhecido como “Triângulo das Bermudas do Pacífico” ou “Triângulo do Dragão”, por causa de antigas lendas sobre dragões que viviam na costa do Japão, é uma região do Pacífico em torno da ilha Miyake, ao sul de Tóquio.
Durante o final de 1980, o autor Charles Berlitz escreveu o livro “O Triângulo do Dragão” sobre fenômenos paranormais que ele acreditava ter ocorrido no Mar do Diabo. Ele escreveu que o Japão perdeu cinco embarcações militares com um total de mais de 700 velejadores durante os anos entre 1952 e 1954, e que a área foi declarada oficialmente uma zona de perigo.
Investigações posteriores sobre as alegações de Charles descobriram que os navios eram na verdade de pesca, alguns dos quais haviam desaparecido fora do Mar do Diabo. Além disso, os pesquisadores apontaram que, durante o período de tempo em que os navios desapareceram, centenas de barcos de pesca se perderam ao redor do Japão devido às condições meteorológicas e à pirataria – não por causa de atividade sobrenatural ou dragões míticos. Ainda assim, a reputação do Mar do Diabo como uma área perigosa permanece.
4 – Triângulo de Michigan
O Triângulo de Michigan fica no lago Michigan, cujo litoral se estende pelos estados americanos de Illinois, Michigan, Indiana e Wisconsin. A área tem sido responsabilizada pelo desaparecimento misterioso de navios e aviões e suas tripulações inteiras.
Alguns relatam que, enquanto navegavam ao longo do Triângulo, o tempo parecia ter parado, ficado mais lento ou acelerado. Em 1937, o desaparecimento do capitão George Donner criou de vez o status de lugar estranho ao Triângulo de Michigan. Durante uma entrega de carvão de rotina, Donner deu ordens para sua equipe acordá-lo quando o navio fosse chegar ao porto. Três horas depois, os marinheiros foram a sua cabine, mas Donner tinha desaparecido, apesar do fato de que a porta da cabine estava trancada por dentro. Em 1950, o voo 2501 da Northwest Airlines desapareceu enquanto voava de Seattle sobre o Triângulo de Michigan, com destino a Nova York. Com 58 pessoas a bordo, o avião sumiu no ar. Os passageiros e o avião nunca foram encontrados novamente.

domingo, 29 de maio de 2011

Paola Oliveira recusa R$ 1 milhão para posar nua

Proposta foi feita pela ‘Playboy’.

Paola Oliveira está podendo. A atriz foi recebeu proposta para posar nua da revista “Playboy”, mas recusou. Ma não foi qualquer recusa, não. De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”, deste domingo, 29, a atriz, que atualmente está no ar em “Insensato Coração”, recusou o cachê de R$ 1 milhão mais participação nas vendas de sua revista. Que coisa,

quinta-feira, 26 de maio de 2011

domingo, 22 de maio de 2011

Fantástico revela como a prefeitura de Rondônia adquiria remédios superfaturados


1st collector for Fantástico revela como a prefeitura de Rondônia...
Follow my videos on vodpod

Mais uma vez, Rondônia figura entre os Estados que estariam ligados a uma gigantesca rede de corrupção, desta vez na área da saúde onde medicamentos são comprados com preço cinco vezes maior do que o encontrados nas farmácias populares.

sábado, 21 de maio de 2011

Receita para fazer um homem feliz, ... já para elas....

È Simples, apenas:
1) Sexo;
2) Comida;
3) Cerveja;
4) Futebol.!!!
Como fazer uma mulher feliz ???

A história começa assim...

No mais alto pico do Tibet vive o mais sábio homem do mundo. Certa vez um rapaz foi à sua procura e perguntou-lhe:

- Mestre dos mestres! Qual o caminho mais curto e seguro para o
coração de uma mulher?

O mestre respondeu-lhe:

- Não há caminho seguro para o coração de uma mulher, filho. Só trilhas à beira de penhascos e caminhos sem mapas, cheios de pedras e serpentes venenosas...

- Mas, então, mestre... O que devo fazer para conquistar o coração da
minha amada?

Então lhe disse o grande guru:

- Fazer uma mulher feliz é fácil. Só é necessário ser:
1) Amigo

2) Companheiro

3) Amante

4) Irmão

5) Pai

6) Chefe

7) Educador

8) Cozinheiro

9) Mecânico

10) Encanador

11) Decorador de Interiores


12) Estilista

13) Eletricista

14) Sexólogo

15) Ginecologista

16) Psicólogo

17) Psiquiatra

18) Terapeuta

19) Audaz

20) Simpático

21) Esportista

22) Carinhoso

23) Atento

24) Cavalheiro

25) Inteligente

26) Imaginativo

27) Criativo

28) Doce

29) Forte

30) Compreensivo

31) Tolerante

32) Prudente

33) Ambicioso

34) Capaz

35) Valente

36) Decidido

37) Confiável


38) Respeitador

39) Apaixonado

40) E, de preferência, RICO!!!

- Não cuspa no chão;
- Não coce o saco na frente dela;
- Não arrote alto. Aliás, não arrote;
- Dê flores e muitos.. Muitos presentes;
- Corte e limpe as unhas.. Não coma as unhas;
- Não peide sob o cobertor. Aliás, não peide.
- Levante a tampa do vaso antes de mijar.
- Deixe ela ter ciúme de você, ela pode;

- Use desodorante (que preste);
- Dê descarga depois de sair da privada;
- Não fale palavrão;
- Não seja engraçadinho com os outros;
- Não fale mal da mãe dela. Aliás, ame a mãe dela;
- Não tenha ciúme dela;
- Não fique barrigudo. Aliás, não engorde;
- Não demore no banho;
- Não chegue tarde em casa.
- Saia para trabalhar e volte correndo;
- Não beba até tarde com amigos. Aliás, não tenha amigos;
- Não seja pão-duro. Use pelo menos 2 cartões de crédito;
- Não diga que mulher não sabe dirigir;
- Não olhe para outras mulheres.... Aliás, não existem outras mulheres;
- Aprenda a cozinhar;
- Diga 'eu te amo' pelo menos 05 vezes por dia;
- Lave a louça;
- Ligue para ela, de qualquer lugar;
- Deixe ela conversar durante horas ao telefone;
- Não ronque;
- Não seja fanático por futebol;
- Faça a barba todos os dias para não arranhá- la;
- Nunca reclame de nada;

- Repare quando ela cortar o cabelo, mesmo que seja apenas as Pontinhas, e diga sempre que ficou lindo...
E é muito importante ainda não esquecer as datas do seu: aniversário, noivado, casamento, formatura, menstruação, data do Primeiro beijo; aniversário da mãe, tia, irmão ou irmã mais querida, aniversário dos avós, da melhor amiga... E do gato
Infelizmente, o cumprimento de todas estas instruções não garante 100% a felicidade dela, porque poderia sentir-se presa a uma vida de sufocante perfeição e fugir com o primeiro traste 'gozador da vida' que encontre.

kkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!
- E o mais importante, meu rapaz.....Ei, espere... Volte aqui...
- NÃO... NÃO...NÃO PULE... NÃO SE MATEEEEEEEEEEEEE! !!!

FAROESTE CABOCLO | Renato Russo será inspiração do filme que mostra uma Brasília desconhecido nos anos 80

Alex Rodrigues
Repórter da Agência Brasil
 
Em breve, uma Brasília diferente da exibida diariamente nos telejornais ganhará as telas dos cinemas brasileiros. Dois longas-metragens baseados na obra da banda Legião Urbana e na vida de seu vocalista, Renato Russo, além de um documentário sobre o rock brasiliense na década de 1980 prometem jogar luzes sobre um dos momentos mais instigantes da música popular brasileira e atrair um olhar diferenciado para a capital do país.
 
Dirigido pelo cineasta brasiliense René Sampaio, o longa-metragem Faroeste Caboclo se inspira na famosa canção sobre a saga do “aprendiz de carpinteiro” João de Santo Cristo no Distrito Federal (DF), onde ele se torna “bandido destemido e temido” antes de conhecer Maria Lúcia, “uma menina linda”, a quem ele promete seu amor. 

As principais cenas estão sendo filmadas na Cidade Ocidental (GO), a cerca de 40 quilômetros do centro de Brasília. As ruas do município goiano retomam as de Ceilândia no final da década de 1970 – cidade do DF onde, na letra da música, ocorre o duelo mais conhecido do rock nacional. 


A expectativa é que o filme seja lançado ainda este ano.
Com Fabrício Boliveira e Isis Valverde nos papéis de Santo Cristo e Maria Lúcia, o elenco conta ainda com Felipe Abib, Antonio Calloni e um grande número de figurantes. 

Segundo o produtor Marcello Maia, além de quatro estudantes de cinema de uma universidade local, a produção empregou mais de uma centena de profissionais brasilienses, gerando empregos diretos e indiretos. E irá surpreender quem acha que Brasília se limita aos cartões-postais do Plano Piloto.
 
“Santo Cristo representa um grupo de pessoas que vieram para Brasília tentar a sorte de um destino diferente, mas a quem as desigualdades sociais acabam impondo um outro caminho. A Ceilândia onde ele vive é um contraponto a Brasília do Plano Piloto de Maria Lúcia. 

E, nas filmagens no Plano Piloto, buscamos mostrar um tipo de vivência que as pessoas não estão acostumadas a ver”, afirmou Maia à Agência Brasil, ao explicar que o trecho da infância de Santo Cristo será filmado na cidade de Paulínia (SP).
 
Outra produção a se apropriar de uma canção da Legião Urbana, Somos Tão Jovens é dirigida por Antonio Carlos da Fontoura. 

O filme trata da adolescência de Renato Russo, fase em que, devido a uma doença óssea rara, o futuro ídolo tinha de permanecer em casa, lendo e sonhando com o sucesso. Muitas das suas canções que mais tarde se tornariam conhecidas começaram a ser compostas neste período.
 
Já o cineasta Vladimir Carvalho optou por garimpar em seu arquivo pessoal as imagens que utilizará no documentário Rock Brasília – Era de Ouro

Entre as muitas cenas históricas captadas pelo próprio documentarista há imagens como as do último show da Legião Urbana em Brasília, realizado em 18 de junho de 1988, no estádio Mané Garrincha, ocasião em que um quebra-quebra deixou centenas de feridos.
 
“O documentário conta a jornada épica de bandas surgidas em Brasília, nos anos 1980, como Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude, Paralamas do Sucesso, e que se projetaram para o país todo, ajudando a transformar a música nacional. 

Outra importante contribuição do documentário será mostrar uma Brasília viva, contestadora e corajosa, expondo a dinâmica das pessoas que vivem aqui e que tem uma ligação com a cidade”, explica o produtor Marcus Ligocki, que vive na capital desde 1974 e para quem o fato de as três histórias estarem sendo produzidas simultaneamente é uma “feliz coincidência”. 

“Esse é um tema inquestionável e que ainda não havia sido abordado nos cinemas. Em algum momento, esses filmes seriam feitos”, conclui Ligocki.
 
De acordo com o diretor de Cinema e Vídeo da Secretaria de Cultura do Distrito, Sérgio Fidalgo, além de movimentar a economia local por meio da contratação de mão de obra técnica e artística, um filme de qualidade exibido para um grande público funciona como um fator de atração turística, despertando nas pessoas o interesse de conhecer a cidade onde as cenas foram rodadas.
 
“As pessoas vão ao cinema, se apaixonam pela locação e passam a querer conhecer o lugar onde a história foi filmada. Ou seja, o filme atrai turistas”, diz Fidalgo. Segundo ele, o governo da capital há tempos discute formas de estimular produtores de todo o país a ambientarem suas histórias no Distrito Federal, seguindo o exemplo de Paulínia (SP) que, em troca de financiamento público, exige que parte da produção seja rodada no município. Atualmente, o único instrumento de financiamento do audiovisual em Brasília é o Fundo de Apoio à Cultura (FAC), concedido apenas a produtores que vivem no Distrito Federal e graças ao qual o Rock Brasília pode ser gravado.
Edição: Talita Cavalcante
Fonte: Agencia Brasil

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Depoimento da professora Amanda Gurgel


Depoimento da professora Amanda Gurgel
Follow my videos on vodpod

Professora Amanda Gurgel silencia Deputados em audiência pública.
Depoimento Resumindo o quadro da Educação no Brasil.

Entrevista do candidato Itamar Ferreira.mp4


1st collector for Entrevista do candidato Itamar Ferreira.mp4
Follow my videos on vodpod

Enquanto o candidato Itamar Ferreira aproveita para dar uma passeada pelo Estado as custas dos trabalhadores da cosntrução civil, faz uma paradinha em Pimenta BUeno para pedir uns votinhos aos seus eleitores.

Sindicato do PT faz campanha para candidatos em reunião política


1st collector for Sindicato do PT faz campanha para candidatos em...
Follow my videos on vodpod

Além de financiar viagens aos candidatos petistas, o STICCERO, através de sua atual diretoria promovia reuniões políticas com candidatos e sutoridades do Partido dos Trabalhadores para convocar seus filiados a votarem apenas nos candidatos por eles indicados, além de afirmarem que contavam com um trabalho em conjunto com o MPT e o TRE/RO nos canteiros de obras das Usinas do Madeira.

domingo, 15 de maio de 2011

Discursos enganosos


1st collector for Discursos enganosos
Follow my videos on vodpod

Após uma reunião oscura com a direção da Odebrecht nas dependências do Hotel Vila Rica os diretores e o candidato Itamar Ferreira fingem que não tem qualquer conivência com os atos praticados pela empresa

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Maria Clara canta a música Wood River


1st collector for Maria Clara canta a música Wood River
Follow my videos on vodpod

Filmagem realizada no Teatro Nelson Rodrigues, no Conjunto Cultural da Caixa, no Rio de Janeiro.
Filmagem, direção e edição: Carlos Colla Jr

domingo, 8 de maio de 2011

BR 364 bloqueada em Candeias do Jamary


1st collector for BR 364 bloqueada em Candeias do Jamary
Follow my videos on vodpod

Policia Militar em greve vloqueia a BR 364 com pneus queimados em Rondônia

Jiparanoicos - Rafinha Bastos


1st collector for Jiparanoicos - Rafinha Bastos
Follow my videos on vodpod

http://jiparanoicos.blogspot.com/

Cujubim-Ro, Assalto ao Banco da Amazônia dia 12/04/2011


1st collector for Cujubim-Ro, Assalto ao Banco da Amazônia dia 12...
Follow my videos on vodpod

Cujubim-Ro, Assalto ao Banco da Amazônia dia 12/04/2011

Furto de notebook


1st collector for Furto de notebook
Follow my videos on vodpod

Ladrão arromba carro e rouba pasta com notebook e documentos. Câmeras
de www.painelpolitico.com flagram a ação.

SOBREVOANDO DO QUE SOBROU DA USINA DE JIRAU EM RONDÔNIA


1st collector for SOBREVOANDO DO QUE SOBROU DA USINA DE JIRAU EM ...
Follow my videos on vodpod

IMAGENS AÉREAS DO CANTEIRO DE OBRAS DA USINA DE JIRAU EM RONDÔNIA. FONTE: EMRONDONIA.COM.BR
IMAGENS: TV RONDÔNIA

DESTRUIÇÃO NO CANTEIRO DE OBRAS DA USINA DE JIRAU EM RONDÔNIA


1st collector for DESTRUIÇÃO NO CANTEIRO DE OBRAS DA USINA DE JIR...
Follow my videos on vodpod

IMAGENS DE CELULAR MOSTRAM A DESTRUIÇÃO DE 45 ÔNIBUS, UMA AGÊNCIA BANCÁRIA E DIVERSOS ALOJAMENTOS NO CANTEIRO DE OBRAS DA USINA DE JIRAU EM RONDÔNIA.

IMAGENS: TV RONDÔNIA
AUTOR E FONTE: EMRONDÔNIA - JORNAL ELETRÔNICO

Piauienses enganados com "falso emprego" permanecem em Porto Velho


1st collector for Piauienses enganados com "falso emprego" perman...
Follow my videos on vodpod

Acidente UHE Santo Antonio com 1 Mortes..


1st collector for Acidente UHE Santo Antonio com 1 Mortes..
Follow my videos on vodpod

O acidente foi ocorrido dia 14/07/2010 com a morte de 1 colaborador e 7 feridos..Queda de uma bomba de lançamento de Concreto..

sábado, 7 de maio de 2011

URGENTE - Polícia Militar cruza os braços e entram novamente em greve em Rondônia

A Polícia Militar de Rondônia decidiu entrar em greve por tempo indeterminado em função da prisão do sindicalista Jesuíno Boabaid e do que eles chamam de “não cumprimento” do acordo feito com o governo.


O comandante do 5º Batalhão, Tenente Coronel Ranilsson chegou a tirar o uniforme e fechou o quartel, afirmando que só retorna ao trabalho após a liberação de Jesuíno e melhorias salariais que foram acordadas durante o primeiro movimento. 

No Primeiro Batalhão da Polícia Militar, no bairro Arigolândia, os policiais fecharam a entrada do quartel e anunciaram que vão comemorar o Dia das Mães com as mães nas portas dos quartéis.

Ninguém do governo foi encontrado para falar sobre o assunto. Mais informações em instantes.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

domingo, 24 de abril de 2011

Que venha o Vasco !!!

Mais uma vez a seleção brasileira (leia-se FLAMENGO), confirmou a sua supremacia e ensacou o nosso velho  e conhecido freguês tricolor, que apesar de pensar que conseguiria repetir a permormance contra o time argentino no último dia 20/04,  esbarrou na frieza dos cobradores de penaltis da seleção rubro negra, prova de que esqueceu-se de com quem estava jogando e teve que engolir toda a euforia e reconhecer a superioridade do Flamengo que jogou sem Ronaldinho Gaúcho e Léo Moura, bastou os zagueiros para vencer os flu-flus nos penaltis.
Agora é só aguardar o massacre dos massacres do nosso maior freguês, que  venha aquele outro timinho que sempre serviu para aquecer os treinos das grandes decisões do nosso espetacular Flamengoooooolll......

domingo, 17 de abril de 2011

20 formas de um jornalista sentir um orgasmo

 

reporte_equipamentos1. Publicar aquela “puta história” antes de qualquer outro jornalista.
2. Pegar o jornal do dia e ver o seu nome estampado na capa.
3. Mostrar o seu nome estampado na capa para o vizinho invejoso.
4. Entrevistar aquele cara que odeia falar com a imprensa depois de três meses de insistência.
5. Acabar a matéria a 1 minuto e 37 segundos do fechamento.
6. Saber que a(o) nova(o) estagiária(o) gostosa(o) vai trabalhar ao seu lado.
7. Desligar o computador após um longo dia de ralação.
8. Pagar todas as contas do mês sem atraso.
9. Ter qualquer credencial pendurada no pescoço.
10. Ter a pergunta elogiada pelo entrevistado numa coletiva de imprensa.
11. Receber o pagamento de um frila no dia combinado.
12. Comer pra caramba numa boca-livre chique e ainda deixar o local com uma quentinha.
13. Descobrir que vai folgar justamente no fim de semana da tão esperada viagem com os amigos.
14. Ser rendido por um colega após 12 horas de plantão na porta de um hospital.
15. Ter a confirmação de que seu nome não está na lista do passaralho da vez.
16. Escutar de um leigo: “Deve ser o máximo ser jornalista, hein?”.
17. Saber que o doutor Gilmar Mendes foi assaltado.
18. Chegar em casa às 5 da manhã depois de um pescoção e encontrar sua mulher sozinha na cama.
19. Chegar em casa às 5 da manhã depois de um pescoção e conseguir fazer sexo.
20. Ouvir do editor: “Parabéns, você está contratado. Pode começar agora?”.

(Enviado por José Holanda)

sábado, 16 de abril de 2011

Nada como um Rafinha Bastos para nos fazer enxergar a verdade

Se tem uma coisa que esse episódio mostrou de verdade, foi a força que a opinião pública rondoniense possui e que esta deveria se aplicada e revertida em causas mais emergenciais. Já que nos condoemos tanto com palhaços insensatos que vem de fora, por não manifestar-mos a nossa indignação com os gravíssimos problemas de infraestrutura, economicos e sociais de nosso Estado, partindo pra cima da classe política e impondo e cobrando em campanhas diárias que façam os políticos e autoridades acomodadas lembrarem da sua obrigatoriedade em cumprir, fiscalizar e entregar aquilo que tem dinheiro público envolvido, por exemplo:
 
1º) A conclusão dos viadutos e obras inacabadas na capital.

2º) O caos na saúde estadual que está a um passo da morte.

3º) Os escândalos de desvios de verbas e corrupção generalizada instalada em cada gabinete político e de seus patrocinadores.

4º) A corrupção explícita e cristalizada nos departamentos públicos que ainda te ameaça com abusos de legislação própria que só protege a perpetuação da cultura do "rouba mas faz".

5º) A falta de medicamentos e médicos enquanto tantas obras faraônicas são aprovadas e não concluídas, matando a população nos corredores dos hospitais.

6º) O sucateamento da segurança pública que tem que prestar favores a empresários em troca de um litro de gasolina, enquanto seus salários são e seus cargos são cada vez mais diminutos e indignos empurrando-os para a prática tentadora da proteção privada de autoridades e empresários envolvidos nos piores casos de desvios de dinheiro público.

7º) As condições precários das ambulâncias que circulam pela BR 364 que também não passa de um corredor da morte onde cada indivíduo que embacar com destino a qualquer cidade vizinha tem a nítida sensação de estar comprando um bilhete só de ida.

8º) As condições sub-humanas das delegacias e presídios que obrigam seres humanos e profissionais a trabalhar e habitar em cubículos que não passam de chiqueiros indignos até mesmo da raça mais proscrita de animal existente sob o planeta terra.

9º) Os fóruns e as escolas públicas que não podem propor mais qualidade no atendimento e no ensino pois a limitada estrutura do século 20 não possibilita e não motiva aos profissionais e professores a fomentar em adultos e crianças a esperança de que a justiça e o futuro existem.

10º) Os salários ridículos e a auto estima dos professores relegados a acordos mesquinhos que cada dia mais depreciam esses heróis, enquanto os ricos advogados de políticos recebem em uma causa aquilo que um professor leva um 3 anos para receber.

11º) Os idosos afrontados nos bancos e repartições, os deficientes esquecidos e desprezados por todos nós que caminhamos pelas calçadas afora, os crimes ambientais cometidos em praças públicas e nas esquinas de nossos bairros, dos crimes hediondos aos assaltos, arrombamentos de carros e saidinhas de banco que estão se avolumando dia a dia e a triste cosntatação de que os piores criminosos encontrados hoje pela polícia são crianças recrutadas pelos verdadeiros bandidos que são sustentados pelos intocáveis barões do poder que nunca são cogitados.

Poderiamos enumerar uma lista extensa de despautérios que só nos deixariam mais motivados a escrever, mas, resta saber se nós vamos aplicar a mesma energia a cada uma dessas mazelas sociais, como a que estamos direcionando ao senhor Rafinha Bastos.

Acompanhem um relatório sucinto do MP/RO sobre essas questões do Estado:


Quanto ao senhor Rafinha Bastos, as suas piadas são tão antagônicas quanto a sua vida, pois mal dá para saber se o senhor, que procura defender os princípios judáicos, é um seguidor de Abraão ou de Hitler.
Caso o senhor não saiba, aqui no Brasil, onde a sua corja que crucificava inocentes veio parar, existe lei contra a Xenofobia e ela é passiva de condenação e nos garante a certeza de que crimes que foram cometidos contra o seu povo venham se quer serem imaginados em nossa sociedade democratica, que aliás defende o seu direito de expressar as suas insanidades, porém cobra duro as suas difamações.

Leia também na Gazeta de Rondônia:  (CLIQUE AQUI)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Venha participar da campanha em favor de Rondônia - Cala boca Rafinha Bastos!!!



VEJA O VÍDEO PRECONCEITUOSO QUE O "HUMORISTA" PRODUZIU:

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Em algum lugar de Rondônia

O BRASIL EXPLICADO EM GALINHAS!



 

Pegaram o cara em flagrante roubando galinhas de um galinheiro e o
levaram para a delegacia.

D - Delegado
L - Ladrão


D - Que vida mansa, heim, vagabundo? Roubando galinha para ter o que
comer sem precisar trabalhar. Vai para a cadeia!

L - Não era para mim não. Era para vender.

D - Pior, venda de artigo roubado. Concorrência desleal com o comércio
estabelecido. Sem-vergonha!

L - Mas eu vendia mais caro.

D - Mais caro?

L - Espalhei o boato que as galinhas do galinheiro eram bichadas e as
minhas galinhas não. E que as do galinheiro botavam ovos brancos
enquanto as minhas botavam ovos marrons.

D - Mas eram as mesmas galinhas, safado.

L - Os ovos das minhas eu pintava.

D - Que grande pilantra.. (mas já havia um certo respeito no tom do delegado...)
D - Ainda bem que tu vai preso. Se o dono do galinheiro te pega...

L - Já me pegou. Fiz um acerto com ele. Me comprometi a não espalhar
mais boato sobre as galinhas dele, e ele se comprometeu a aumentar os
preços dos produtos dele para ficarem iguais aos meus. Convidamos
outros donos de galinheiros a entrar no nosso esquema. Formamos um
oligopólio. Ou, no caso, um ovigopólio..

D - E o que você faz com o lucro do seu negócio?

L - Especulo com dólar. Invisto alguma coisa no tráfico de drogas.
Comprei alguns deputados. Dois ou três ministros. Consegui
exclusividade no suprimento de galinhas e ovos para programas de
alimentação do governo e superfaturo os preços.

O delegado mandou pedir um cafezinho para o preso e perguntou se a
cadeira estava confortável, se ele não queria uma almofada. Depois
perguntou:


D - "Doutor", não me leve a mal, mas com tudo isso, o senhor não está milionário?

L - Trilionário. Sem contar o que eu sonego de Imposto de Renda e o
que tenho depositado ilegalmente no exterior.

D - E, com tudo isso, o senhor continua roubando galinhas?

L - Às vezes. Sabe como é.

D - Não sei não, "excelência". Me explique.

L - É que, em todas essas minhas atividades, eu sinto falta de uma
coisa. O risco, entende? Daquela sensação de perigo, de estar fazendo
uma coisa proibida, da iminência do castigo. Só roubando galinhas eu
me sinto realmente um ladrão, e isso é excitante. Como agora fui preso,
finalmente vou para a cadeia. É uma experiência nova.

D - O que é isso, excelência? O senhor não vai ser preso não.

L - Mas fui pego em flagrante pulando a cerca do galinheiro!

D - Sim. Mas primário, e com esses antecedentes...

Luiz Fernado Veríssimo - (Enviado por Ivan de Lara)

Laudo aponta que morte Paulo Queiroz morreu de infarto

O Instituto Médico Legal (IML) de Rondônia deve divulgar oficialmente o laudo da análise do corpo do jornalista Paulo Queiroz, encontrado morto em seu escritório no início do mês passado. 

De acordo com informações do IML, Paulo foi vítima de um infarto fulminante e não teve tempo sequer de alcançar os medicamentos que tomava regularmente.

respeitado Paulo nunca negou qualquer tipo de auxílio aos que estavam iniciando

Na ocasião de sua morte foi aventada a possibilidade do jornalista ter cometido suicídio. O laudo aponta o contrário. Paulo deve ter morrido na segunda-feira de carnaval e seu corpo foi encontrado na quarta-feira de Cinzas.

No telefone do jornalista, uma dos mais influentes, respeitados e conhecidos de Rondônia, as duas últimas ligações registradas foram para o senador Valdir Raupp e seu assessor, jornalista Robson Oliveira, amigo pessoal de Paulo Queiroz.

O jornalista Paulo Queiroz era colaborador da revista PAINEL POLÍTICO, publicação na qual estão seus últimos trabalhos, inclusive a coluna Política em Três Tempos.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Frases dignas de serem lembradas

Fumo maconha, mas não trago, quem traz é um amigo meu'
(Marcelo Anthony)



'O que te engorda não é o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas o que você come entre o Ano Novo e o Natal'

(
Solange Couto)

'Para seu marido não acordar com a macaca...
Depile-se'
(Cláudia Ohana)


'O homem é um ser tão dependente que até pra ser corno e viúvo precisa da ajuda da mulher.

(Principe Charles)


'Por maior que seja o buraco em que você se encontra, pense que, por enquanto, ainda não há terra em cima'

(Dercy Gonçalves)


'Cabelo ruim é igual a bandido...
Ou tá preso ou tá armado'
(Ronaldinho Gaúcho)


'Preguiçoso é o dono da sauna, que vive do suor dos outros'

(Roberto Justus)


'Não me considere o chefe, considere-me apenas um colega de trabalho que sempre tem razão'

(Galvão Bueno)


'Malandro é o pato, que já nasce com os dedos colados para não usar aliança'

(Zeca Pagodinho)


'Mulher gorda é que nem Ferrari...

Quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo'

(Reginaldo Leme)


'Os psiquiatras dizem que uma em cada quatro pessoas tem alguma deficiência mental...

Fique de olho em três dos seus amigos. Se eles parecerem normais, retardado é você'

(Antônio Palocci)


'Se homossexualismo fosse normal...
Deus teria criado Adão e Ivo'

(Gilberto Braga)


'Todo mundo tem cliente. Só traficante e analista de sistemas é que tem usuário'

(Bill Gates)



'Casamento começa em motel e termina em pensão'

(Romário)


'Seja legal com seus filhos. São eles que vão escolher seu asilo'

(Itamar Franco)


'
Antigamente, o homossexualismo era proibido no Brasil.
Depois, passou a ser tolerado.
Hoje é aceito como coisa normal...
Eu vou-me embora antes que se torne obrigatório'

(Arnaldo Jabor)


'Passar a mulher pra trás é fácil. O difícil é passar adiante'

(Eduardo Suplicy)


'O Brasil está igual a carro velho: para subir não tem força, para descer não tem freio'

(Dilma Roussef)


E a melhor de todas...

'Se o horário oficial é o de Brasília, por que a gente tem que trabalhar na segunda e na sexta?'

(Dorival Caymi)

PUBLICIDADE

ESTOU EM PAZ, E VOCÊ ?

Um Diploma ou um Sacerdócio?

Que respostas podemos dar à indagação sobre os motivos de se exigir que o profissional de Jornalismo seja formado por uma faculdade?

Digamos, desde logo, que a faculdade não vai "fazer" um jornalista. Ela não lhe dá técnica se não houver aptidão, que denominamos de vocação.

A questão é mais séria e mais conseqüente. A faculdade, além das técnicas de trabalho, permite ao aluno a experiência de uma reflexão teórica e, principalmente, ética.

Não achamos absurdo que um médico deva fazer uma faculdade. É que vamos a ele entregar o nosso corpo, se necessário, para que ele corte, interfira dentro de seu funcionamento, etc.

Contudo, por vezes discutimos se existe necessidade de faculdade para a formação do jornalista, e nos esquecemos que ele faz uma intervenção muito mais radical sobre a comunidade, porque ele interfere, com seus artigos, suas informações e suas opiniões, diretamente dentro de nosso cérebro.

Acho que, pelo aspecto de cotidianidade que assumiu o Jornalismo, a maioria das pessoas esquece que o Jornalismo não é uma prática natural.

O Jornalismo é uma prática cultural, que não reflete a realidade, mas cria realidades, as chamadas representações sociais que interferem diretamente na formulação de nossas imagens sobre a realidade, em nossos valores, em nossos costumes e nossos hábitos, em nossa maneira de ver o mundo e de nos relacionar com os demais.

A função do Jornalismo, assim, é, socialmente, uma função extremamente importante e, dada a sua cotidianidade, até mais importante que a da medicina, pois, se não estamos doentes, em geral não temos necessidade de um médico, mas nossa necessidade de Jornalismo é constante, faz parte de nossas ações mais simples e, ao mesmo tempo mais decisivas, precisamos conhecer o que pensam e fazem nossos governantes, para podermos decidir sobre as atividades de nossa empresa; ou devemos buscar no Jornalismo a informação a respeito do comportamento do tempo, nas próximas horas, para decidirmos como sair de casa, quando plantar, ou se manter determinada programação festiva.

Buscamos o Jornalismo para consultar sobre uma sessão de cinema, sobre farmácias abertas em um feriadão, mas também para conhecermos a opinião de determinadas lideranças públicas a respeito de determinado tema, etc.

Tudo isso envolve a tecnologia e a técnica, o nível das aptidões, capacidades e domínio de rotinas de produção de um resultado final, que é a notícia.

Mas há coisas mais importantes: um bom jornalista precisa ter uma ampla visão de mundo, um conjunto imenso de informações, uma determinada sensibilidade para os acontecimentos e, sobretudo, o sentimento de responsabilidade diante da tarefa que realiza, diretamente dirigida aos outros, mais do que a si mesmo.

Quando discuto com meus colegas a respeito da responsabilidade que eu, como profissional tenho, com minha formação, resumo tudo dizendo: não quero depender de um colega de profissão, "transformado" em "jornalista profissional", que eventualmente eu não tenha preparado corretamente para a sua função.

A faculdade nos ajuda, justamente, a capacitar o profissional quanto às conseqüências de suas ações.

Mais que isso, dá ao jornalista, a responsabilidade de sua profissionalização, o que o leva a melhor compreender o sentido da tarefa social que realiza e, por isso mesmo, desenvolver não apenas um espírito de corpo, traduzido na associação, genericamente falando, e na sindicalização, mais especificamente, mas um sentimento de co-participação social, tarefa política (não partidária) das mais significativas.

Faça-se uma pergunta aos juízes do STF a quem compete agora julgar a questão, mais uma vez, questão que não deveria nem mais estar em discussão: eles gostariam, de ser mal informados?

Eles gostariam de não ter acesso a um conjunto de informações que, muitas vezes, são por eles buscadas até mesmo para bem decidirem sobre uma causa que lhes é apresentada através dos autos de um processo?

E eles gostariam de consultar uma fonte, sempre desconfiando dela?

Porque a responsabilidade do jornalista reside neste tensionamento que caracteriza o Jornalismo contemporâneo de nossa sociedade capitalista: transformada em objeto de consumo, traduzido enquanto um produto que é vendido, comercializado e industrializado, a notícia está muito mais dependente da responsabilidade do profissional da informação, que é o jornalista, do que da própria empresa jornalística que tem, nela, a necessidade do lucro.

Assim sendo, é da consciência aprofundada e conscientizada do jornalista quanto a seu trabalho, que depende a boa informação.

E tal posicionamento só se adquire nos bancos escolares, no debate aberto, no confronto de idéias, no debate sério e conseqüente que se desenvolve na faculdade.

Eis, em rápidos traços, alguns dos motivos pelos quais é fundamental que se continue a exigir a formação acadêmica para o jornalista profissional.

A academia não vai fazer um jornalista, mas vai, certamente, diminuir significativamente, a existência de maus profissionais que transformam a informação, traduzida na notícia, em simples mercadoria.

Danny Bueno
Ocorreu um erro neste gadget

______________ ÚLTIMOS VÍDEOS :

Loading...

_______________Arquivo vivo: