»»» LEITURA OBRIGATÓRIA

PUBLICIDADE

Pesquisar matérias no Blog

GALERIA DE VÍDEOS DO BLOG:

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (01/03)–A Justiça precisa ser implacável

O “Bicho” vai pegar

Desmantelada agora a rede de prostituição organizada em Porto Velho, executada pela Polícia Civil, sob a supervisão do Ministério Público Estadual e a  Secretaria de Segurança – SESDEC, onde foram presos e já ouvidos um empresário e duas cafetinas, prossegue agora a parte de depoimentos e aprofundamento das investigações, onde as próprias vítimas, sendo até o momento um total de sete, fornecem os elementos e detalhes da atuação de seus aliciadores.

pedofilia [2]Empresários promíscuos sustentavam a rede

Em depoimentos prestados na própria sede do Ministério Público, as vítimas estão revelando sem medo o tamanho, a profundida e os detalhes de todos os envolvidos, que segundo elas, passa de 20 empresários de renome que se revezavam no usufruto da prática criminosa de obter sexo com menores de idade. Nas próximas horas, não será surpresa se a capital ficar novamente perplexa com a prisão de certos “medalhões” que dantes posavam de bons pais de famílias.

Isso é só o começo

Na verdade, o que está acontecendo é a resposta de um clamor que vem ecoando há anos em Porto Velho de pais e mães que não sabem mais como combater a influência criminosa de Aliciadores, Traficantes, Pedófilos, Voyeurs (Psicopatas metidos a “observador”) e “Bandidas do Sexo” que provocam um verdadeiro abismo na vida e dignidade destes jovem e de seus familiares, quando não, acabam por tirar-lhes a própria vida em incursões desastrosas em “programas” arranjados com promessas de vida boa e fácil.

Quem se lembra de Jacy Paraná?

Não vai nem um ano que o Distrito de Jacy-Paraná estava estampado em todas as capas de sites e jornais do Estado e até em rede nacional pelo alto índice de prostituição e a violência desmedida. Algumas mães davam depoimentos comoventes que sufocavam até os mais frios, pois não viam salvação para suas filhas que apareciam grávidas de operários da Usina de Jirau, dos quais nem o nome direito lembravam. O descontrole e a falta de segurança era tão grande que algumas meninas eram assediadas no portão de casa mesmo, obrigando os pais a determinar um toque de recolher a partir das 18:00hs.

Pois é, Porto Velho está igualzinho.

Para quem não sabe ou não quer saber, além desta abordagem da Polícia Civil por ação do Ministério Público, a capital está infestada de festinhas, as chamadas “Haves”, espalhadas por diversos bairros afastados do centro aos fins de semanas, aonde milhares de jovens, em sua potencial maioria menores de idade, atraídas por “amigas”, perdem sua virgindade sob o efeito de álcool e drogas que “rolam soltas” dentro destes ambientes sem a  menor fiscalização por parte das autoridades competentes. Ou pelo menos, ninguém ouve falar de qualquer operação ostensiva para coibir tais eventos.

Como funciona?

Em recentes investigações jornalística, a equipe da Gazeta esteve a poucos metros de um festa dessas e solicitou a presença da Polícia Militar e Civil, porém, após 5 horas de espera, desistiu de aguardar e retornou para a redação com o  encerramento da “festa”, sem lograr êxito de registrar uma ação competente da Polícia. Em nossos registrou ficou constatado que estas mesmas festas são sustentadas por rapazes e homens adultos de classe média alta,  em seus carrões e camionetes, que abastecem os locais com toda sorte de bebidas alcóolicas, energéticos e cerveja ao som de muita música de muito Funk, hip Hop e Techno. A localização, dos eventos, sempre estrategicamente em bairros da periferia, é mantida em segredo até o último dia e é publicada apenas para os membros conhecidos de gangues organizadas pelo Facebook ou enviada aos seus celulares pessoais horas antes de começar. Na chegada, os menores, meninos e meninas, que chegam a 80% dos frequentadores, são revistados por “seguranças” mal encarados e impedidos de saírem até que consumam uma cota suficiente para bancar a sua entrada, em alguns casos são cobrados ingressos em média pelo valor de R$ 20,00. Para cada frequentador do sexo masculino, tem que vir acompanhado de pelo menos três do sexo feminino, independente da idade, mas de preferência abaixo de 18 anos. O foco  e o objetivo da festa deixa claro que é atrair o maior número de jovens indefesas para inseri-las  no mundo das drogas, alcoolismo e atividades sexuais involuntárias, muitas vezes, desenvolvida em grupos, os quais eles chamam de “Equipes”. É muito duro para mim, como profissional de imprensa e pai de duas filhas escrever à sociedade em que vivemos sem confessar que a simples visualização de uma cena de aliciamento como essa sendo praticada contra uma de minhas filhas, desperta em mim os meus instintos mais primitivos e sinceramente nem sei se recorreria a Polícia para afastar esses vermes  (sem a menor intenção de ofender os vermes), do círculo social da minha família.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (28/02) – Prostituição, Pedofilia, Palácio infiltrado e meditações climáticas

Em resposta

prostituição_infantilAos constantes apelos da sociedade que já não aguenta mais ver suas crianças massacradas pelo crime organizado, o Ministério Público de Rondônia deflagrou uma importante operação que já vinha sendo articulada há seis meses na capital. Trata-se de Operação Lâmia (Lendária rainha da Líbia que se transformou em um demônio devorador de crianças), a qual teve por objetivo prender integrantes de rede de prostituição que está há anos abastecendo clientes e pedófilos em Porto Velho.

Elemento surpresa

Cerca de 40 policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), abordavam desde as 6:00 da manhã os pontos e as casas dos suspeitos tidos como os cabeças da organização, que foram presos em suas residências e conduzidos diretamente para o prédio do Ministério Público, aonde prestaram depoimentos e já estão a disposição da justiça.

Agiotagem e armas de fogo

Um conhecido empresário, dono de um supermercado no bairro São Cristóvão, região central de Porto Velho, é tido como um dos principais envolvidos em todo o esquema de prostituição, além disso em sua residência foram apreendidas 4 armas de fogo sem porte legal, o que deve agravar ainda mais as acusações que pesam sobre o suspeito. Para piorar, o mesmo indivíduo, já tinha sido condenado pelo Tribunal de Justiça de Rondônia por praticas criminosas e agiotagem, a indenizar um casal que foi brutalmente ameaçado, após ter sua casa invadida pelo mesmo e seus três “capangas”, os quais hostilizaram e comprometeram o resguardo de 10 dias de uma senhora que deixou de amamentar após a ação dos criminosa dos acusados.

Cafetinas de luxo

Além do empresário, duas mulheres,  uma delas consultora de uma loja de cosméticos da capital, que são suspeitas de atuarem como “intermediadoras” ou “facilitadoras” de “clientes” do serviço, foram presas em suas residências e estão a disposição da justiça para maiores esclarecimentos dos fatos. A princípio os infratores estão incursos nas sanções previstas para os crimes sexuais praticados contra vulneráveis, dentre eles os capitulados nos artigos 217-A e 218-B do Código Penal, é claro que também estão incluídos nas acusações, assim que forem constatadas, a novas normas legais que defendem meninas e crianças dos crimes de pedofilia e aliciamento de menores.

Barcas furadas

Funcionários públicos do estado amanheceram com uma indesejada surpresa de verem seus ambientes de trabalho tomados por verdadeiras cascatas de água da chuva moderada que infiltraram os recém inaugurados Centro Político e Administrativo – CPA (Renomeado de Palácio Rio Madeira) e a Nova Central de Polícia  da Av. Jorge Teixeira, completamente reformada e entregue há menos de de 20 dias. Segundo o corpo de Bombeiros e os técnicos responsáveis, as goteiras e infiltrações aconteceram por rompimentos de drenagens internas que não suportaram o volume de águas. No caso do Palácio, localizado na Av.Farqhuar, Bairro Pedrinhas, zona Norte de Porto Velho, os servidores públicos abandonaram as pressas o prédio, recém construído. Com a força da água, o forro de gesso do teto cedeu no quarto andar, provocando susto e alagação. Pessoas estariam presas num dos três elevadores.

Meditar é preciso

Preocupado com situações como essas, o governo do Estado encaminhou a Assembleia Legislativa um pitoresco, pra não dizer polêmico, que acabou sendo aprovado pelos deputados, onde se institui o Projeto de lei Nº 572/2012, que cria o “Dia Estadual de Meditações sobre alterações climáticas”. Apesar de aprovarem o projeto, alguns deputados questionaram a aplicabilidade de tal norma nos atos do governo e a sua funcionalidade para a população. Segundo o deputado Lebrão, membro da bancada governista, o objetivo maior é conclamar a Região Norte do país a lembrar dos inúmeros prejuízos causados pelas ações poluidoras contra  a natureza que afetam diretamente o comportamento do meio ambiente e do eco sistema. Imediatamente o projeto acabou se tornando alvo de uma cômica discussão que envolveu os deputados Hermínio Coelho, Epifânia Barbosa e Tucura. Veja um trecho da fala de Hermínio assistida pelo público na sessão da Assembleia: …““Parece que é projeto para louco, para doido, porque não pode ser”, disse Hermínio em resposta à Epifania” – …“Tucura , a gente não fala que o governo vive no chá de mariri, é tomar um chazinho de mariri para ficar...” – “ aqui eu não sei o que querem saber mais do clima, pois todo mundo sabe que tem seis meses de calor e seca e seis meses de chuva”… Eu espero que não seja também aplicado mais um feriado entre os demais que o Estado já emplacou na última década, aliás, o que você acha disso?

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (27/02) – Fantasmas, demissões e piquetes

Fantasmas do passado

Segundo o colega colunista, Antônio Serpa do Amaral Filho: “um fenômeno sobrenatural vem acontecendo no centro histórico da capital: fantasmas e vultos de outro mundo foram vistos perambulando pelo interior do prédio da Unir-Centro. Assustados e surpresos, alguns vigilantes e guardetes da jornada noturna juram, por todos os santos da Bahia, inclusive São Sebastião, terem visto inúmeras manifestações fantasmagóricas fazendo mungango para os vivos nos corredores do outrora Porto Velho Hotel”. (atualmente conhecida como UNIR centro).

Casos recentes

“Se as aparições são frutos da imaginação ou do medo, não se sabe. O fato é que o professor Adilson Siqueira, hoje chefe de gabinete da reitora Berenice Tourinho, depois de escrever uma homenagem ao falecido filósofo Pedro Vicente Lourensatto, teve também uma experiência no mínimo curiosa: quando ativou a tecla ENVIAR do correio eletrônico, para destinar a matéria aos jornais locais, as lâmpadas fluorescentes do teto estouraram, uma sutil atmosfera permeou o ambiente, deixando o gabinete às escuras e provocando calafrios nas veias do militante do PSOL”. Será que os tais fantasmas não estariam descontentes com mesmice na administração da UNIR que continua a tratar seus acadêmicos  e professores com o tradicional descaso de sempre.

100 Comissionados a menos na Assembléia

O clima entre os ocupantes de cargos comissionados na Assembleia Legislativa de Rondônia é de incerteza desde que o Diário oficial daquele poder publicou, nesta segunda-feira, 25, o listão com cerca de 120 decretos de exonerações. Especula-se que novos cortes de comissionados podem ocorrer, o que gerou um corre-corre entre os assessores junto aos parlamentares para saber quem fica e quem sai.

A Assembleia não deu qualquer explicação oficial para os cortes, mas, nos bastidores, surgiu a informação de que o Poder Legislativo enfrenta dificuldades para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal.

SEMTRAN sitiada

Na manhã desta Terça (26/02), centenas de moto-taxistas e e taxista da capital sitiaram a entrada da Secretaria Municipal de Trânsito de Porto Velho,  com intuito de obter uma audiência com o atual secretário, Carlos Gutemberg e assim desfazer várias medidas que a secretaria está tomando para melhorar o serviço na capital.

Itamar o líder das confusões

O mais engraçado é que os piquetes, que são conduzidos pelos sindicatos apadrinhados da CUT, que tem como presidente o ex-secretário da mesma SEMTRAN, Itamar Ferreira, tem  como único objetivo chamar a atenção da imprensa para a sua imagem que anda bem apagada nos meio político, principalmente após a sua derrota eleitoral em 2010 e os recentes escândalos do PT, protagonizados por seus amigos de carteirinha Roberto Sobrinho, Mírian Saldanha e Israel Xavier.

O mais interessante

É perceber que basta uma confusão surgir, que lá aparece o dito presidente da CUT com seu microfone inflamando e agitando os trabalhadores para cima de qualquer tipo de entidade, privada ou pública. è claro que as pessoas mais instruídas sabem muito bem que isso não é de graça, pois para se adiantar a frente desse tipo de situação o “experiente” dirigente sindical exige gordas contribuições para sustentar as suas estratégicas perturbações da ordem social. Ademais, por que será que durante o governo do PT e de sua própria administração a frente da SEMTRAN ele mesmo e a sua Central não se compadeceram dos “companheiros taxistas” com tanta paixão? Será que ele iria lá empoeirar seu terninho de executivo de terceira a troco de nada?

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (26/02) - Porto Velho às margens da insegurança total

Ai “Patrão”, Ou dá ou “vaza”

Está se tornando cada vez maior o número de casos de abusos de indivíduos que se intitulam Guardadores de carros, os famosos “flanelinhas” a assediar e hostilizar verbalmente a população em locais de grande fluxo de movimento. Em alguns caos, temos exemplos de pessoas que são praticamente ameaçadas a oferecer algumas moedas sob os olhares odiosos desses elementos que mais parecem verdadeiros marginais em seu comportamento. Não é raro ouvir as seguintes sugestões subliminares em caso de não ter dinheiro para “pagar” o serviço de segurança oferecido pelos mesmo: “Eu podia estar assaltando, estuprando ou matando, mas, tô aqui pedindo uns trocado pro sinhô”

Cidade loteada

Em vários casos é comum presenciar, principalmente na região central , disputas, bate bocas e até lesões corporais por espaços demarcados centímetro a centímetro por tais pessoas que promovem uma sensação de terror em famílias que buscam um pouco de lazer nas ruas de Porto Velho. Recentemente, na semana do Carnaval, assisti dois desses cidadãos se atracarem entre centenas de crianças e idosos na Praça Aloízio Ferreira, munidos de canivete e pedras, a tragédia só não foi maior por causa da intervenção de uma companheira de um dos agressores, porém, todos puderam assistir horrorizados a uma pedrada desferida no rosto do segundo envolvido na briga. Cenas dantescas de cinema dignas dos produtores do “"Cidade de Deus” ou “Carandiru” em plena Avenida Pinheiro Machado/PVH.

Pra onde vão os nossos impostos?

Nessas horas de completa perplexidade social,  e evidente insegurança não há quem não se pergunte: Pra onde foi o imposto que eu paguei e que deveria me proporcionar uma cidade sem riscos de ter meu veículo roubado ou mesmo entregue em mãos de criaturas tão suspeitas quantos os próprios assaltantes. Pois a garantia de que seu carro não será danificado ou mesmo levado é zero. Ou seja, além dos impostos serem abusivos, extorsivos e desonestos, a maior carga tributária do planeta, pagamos dobrado para obter uma falsa impressão de que temos “tudo sob controle”.

Filme Crepúsculo ganha o “Framboesa de Ouro” Estrela

O último capítulo da saga de "Crepúsculo" dominou no sábado (23), com sete estatuetas, a "antipremiação" Framboesa de Ouro, um evento que reconhece o pior do cinema, que também recompensou a cantora Rihanna e um velho favorito do evento, Adam Sandler. "A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2" venceu o Framboesa de Ouro nas categorias de pior filme, pior atriz (Kristen Stewart), pior ator coadjuvante (Taylor Lautner), pior casal de cinema (Lautner e Mackenzie Foy) e pior elenco.

crepusculo_amanhecer_parte_2_-_27

O longa-metragem levou ainda os prêmios de pior remake e pior diretor para Bill Condon. O Framboesa de Ouro, que tem os vencedores anunciados na véspera do Oscar, é considerado o antônimo à cerimônia oficial anual da Academia de Los Angeles.

Caso Naiara - De volta a (in) segurança pública

Após esse breve momento de descontração, é impossível deixar de falar nos sucessivos desaparecimento de jovens e senhoras, que misteriosamente saem para realizar qualquer tarefa do cotidiano e simplesmente viram fumaça sem deixar qualquer rastro para as investigações em andamento. O Assunto já ganhou ares de filme de terror. Pois assim se deu com a jovem sequestrada, violentada e depois assassinada com 20 facadas,  Naiara Carine de 18 anos. Depois de completar 30 dias de sua morte, pais e amigos da vítima fizeram uma passeata neste domingo (24) na Avenida Governador Jorge Teixeira (BR 319), sentido colégio Tiradentes, no intuito de chamar atenção da população pedindo Paz e cobrando da polícia solução no inquérito que apura a morte da jovem. Passados mais de um mês de sua morte a polícia ainda não apresentou uma solução ao caso ou mesmo anunciou suspeitos ou efetivou prisões.

“A passeata além de alertar as pessoas, tem a função de pedir celeridade nas investigações como resposta à sociedade da violência sofrida pela jovem e que chocou a população local”, disse um dos manifestantes.

Jovem irresponsável que mobilizou a segurança do Estado estava “festando”

Outro caso de uma  jovem que também desapareceu misteriosamente na manhã deste Sábado (23/02), foi a jovem estudante de mestrado em letras da Universidade Federal de Rondônia (Unir) Melissa Velanga Moreira, de 22 anos. Ela saiu de casa dizendo à família que iria a uma biblioteca e não foi mais vista.

A polícia investigava o caso utilizando grande aparato de policiais e estrutura de segurança do Estado. De acordo com um primo da estudante, Mateus Stedile, Melissa saiu de casa por volta das 10h30, dizendo que iria a uma biblioteca pública, no centro da cidade, e em seguida resolveria um problema de alguns documentos. "Desde então não tivemos mais informações dela", disse o jovem, que foi a última pessoa que teve contato com Melissa. Segundo Mateus, a estudante ainda teria deixado uma mensagem privada em uma rede social para o namorado, avisando que se encontraria com ele em seguida, mas ela não apareceu.

Diversas mensagens de parentes e amigos foram rapidamente pulverizadas pelas redes sociais, dando conta que a jovem tivesse realmente sido sequestrada ou até mesmo coisa pior. Para surpresa de todos, na noite deste Domingo (24/02), a jovem reaparece do nada, alegando ter passado o fim de semana em uma chácara se divertindo com amigos. Parentes de Melissa disseram que não podiam dar nenhuma informação sobre o que de fato aconteceu.

A Delegacia de Homicídios informou que Melissa estava “festando” – o termo é da delegada – numa chácara enquanto todos a procuravam. O sumiço da jovem mobilizou milhares de pessoas nas redes sociais, principalmente o Facebook, onde pipocaram as reclamações e críticas contra a polícia.

jovem desaparecida2

Aconteceu - Rondônia pede “Basta”

Na tarde deste Domingo (24/02), organizados em centenas de pessoas, um grupo significativos de manifestantes abriram mão de seu descanso semanal para comparecer em baixo de forte chuva ao complexo turístico da Estrada de Ferro Madeira Mamoré e expressar a sua indignação pela permanência de Renan Calheiros na presidência do Senado Federal.

Estrela(Framboesa de Ouro (Razzie Awards), que também acontece em Los Angeles,  é um prêmio cinematográfico, que faz paródia do Óscar, e premia só os piores filmes produzidos ao longo de um ano. Atualmente é escolhido por internautas membros da "associação Framboesa de Ouro", um total de 657 membros. )

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (23/02)–Incêndios em Porto Velho partiram do Urso Branco

Fim do mistério

Uma investigação realizada pela Polícia Civil de Porto Velho, comandada pelo delegado Jeremias Mendes de Souza, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana, confirmou que os incêndios ocorridos no últimos dia 20/02 em veículos estacionados nas ruas de Porto Velho, foram ordenados por membros de facções que controlam o presídio Urso Branco, em protesto ao tratamento “especial” dado aos presos transferidos de Santa Catarina. Segundo o delegado, os bandidos ordenaram também a queima de ônibus na capital. Existe também uma segunda linha de investigação que não descarta a participação dos próprios proprietários dos veículos. Para cada noite de “ataque”, os bandidos ganharão 2 mil reais por seus feitos.

Polícia agiu rápido

O coordenador das investigações, delegado Francisco Alencar da Silva, a polícia já identificou cinco suspeitos de executarem os ataques em Porto Velho. Os detentos do Urso Branco que planejaram e ordenaram os ataques também já foram identificados. Ele pediu à Justiça o cumprimento de mandados de busca e apreensão nas casas dos suspeitos para colher provas. Conforme uma perícia realizada nos carros incendiados, os suspeitos usaram coquetéis Molotov para atear fogo nos veículos, todos sucateados. Os ataques aconteceram em ruas diferentes no bairro Nova Porto Velho, na zona leste. Outras quatro tentativas de ataques a veículos foram registradas. Não houve feridos.

Nesse caso

A situação muda totalmente de figura, pois antes se pensava  e se afirmava serem atos isolados e que tudo não passava de ação de vândalos tentando apavorar a população. Confirmadas agora as autorias e os mandantes, a coisa ficou mais séria do que se pensava e a Secretaria de Segurança precisa agir com intensidade para que nenhum ato se concretize ou uma nova crise estará instalada no Estado. A minha pergunta é: Será que só eu tinha certeza que isso não era coisa “vândalos”? Conforme escrevi ontem na coluna, a coincidência era grande demais pra não ser verdade.

Mais mistérios

Outro misterioso caso que desta vez depõe contra a Polícia Civil é o desaparecimento de um funcionário público, MOISÉS RODRIGUES LIMA, lotado na SEDUC, que simplesmente desapareceu em uma viagem de transporte de utensílios escolares e há mais de 40 dias ninguém sabe informar a quantas andam as investigações sobre o caso. Inconformados com a falta de atenção da polícia, parentes da vítima iniciaram  por conta própria uma investigação e chegaram a uma testemunha que afirmar ter conversado com dois indivíduos que não constavam na lista de tripulantes obtida pela polícia e um destes afirmou friamente ter discutido por  motivo fútil com Moisés, agredido e depois atirado-o ao leito do Rio Madeira, com o barco em movimento a ponto de ter se escutado o impacto do corpo no leme da embarcação.

WSDEWE

Caso sério

Se essa testemunha confirmar o fato e a Polícia chegar aos autores estaremos diante de um caso de extrema omissão, pois quanto o Estado peca em não seguir as pistas, por mais insignificantes que sejam há que se ter uma responsabilização sobre alguém, o povo, principalmente os mais humildes, não aguenta mais ser tratado com tanta negligência em certos casos que só se tornam “importantes” depois vão parar na mídia.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (22/02) – Incêndios duvidosos alarmam a população

Incêndios duvidosos

20fev13-foto_cleris_muniz-agencia_imagem_news_3Com a chegada a Porto Velho de três do bandidos suspeitos de serem os ordenantes da onda de incêndios a ônibus coletivos que assolou mais de 36 municípios em Santa Catarina, um fato pra lá de coincidente vem tirar o sono de grande parte da população da capital, que foi surpreendida com um incêndio também criminoso de 5 veículos na madrugada do último dia 20/02 (Quarta). É bem verdade que o Modus Operandis dos incêndios ocorridos em Porto Velho não batem com a onda de ataques em Santa Catarina, mas, não deixa de ser no mínimo estranho que justamente na chegada dos supostos líderes incendiários veículos particulares sejam destruídos sem qualquer motivo aparente, até onde sabemos, em Porto Velho não se tem notícias  desse tipo de “vandalismo” registrada nos anais da história da capital. É aguardar pra ver.

A volta de Dênis

Ainda ontem nós falávamos antes da publicação de nossa edição de ontem (21/02), sobre a saída humilhante do ex-presidente ou presidente retornado, nem sei mais como nominar, Dênis Baú do comando da FIERO. Pois bem, não que a juíza substituta do TRT/RO extinguiu a liminar emitida pelo Vice Presidente do próprio TRT/RO, Desembargador Francisco Cruz e, retornou ao poder da entidade agravando ainda mais a crise instalada entre as partes, que já vinham divulgando uma montanha de irregularidades  e promovendo denúncias gravíssimas que certamente resultarão em sérias demandas civis e criminais contra o “ex-presidente retornado” se defender. Se nem a justiça se entende, quem vai salvar a FIERO?

Tudo pronto

Segundo a organizadora do bota fora que acontecerá neste Domingo, às 16:00 hs, contra a eleição de Renan Calheiros a presidência do Senado, tudo está preparado para que o povo de Rondônia através da sua capital exprima sua indignação pelos votos secretos aplicados pelos senadores aliados de Renan que, segundo ela, traíram a confiança de seus eleitores sem respeitar a vontade de ampla maioria que jamais sonhou com essa possibilidade, Ou seja, ver um político ficha suja, de má fama e processado por diversos crimes assentando-se na linha de sucessão como o terceiro a governar a nação. Esperamos que seja uma bonita festa democrática e que o recado fique bem dado aos nossos senadores.

É mais ou menos assim.

Na minha opinião, os nossos senadores representantes erraram feio, pois dar a presidência do Senado de mãos beijada à Renan Calheiros, que tem um alonga ficha de escândalos, basta lembrar da sua renúncia pelo fato de pagar a pensão de um filho fora do casamento com uma assessora, com dinheiro público. Seria a mesma coisa que os nossos deputados reconduzirem o ex-presidente da Assembleia Valter Araújo, mais conhecido como “Agarra-me se puder”, ao cargo sem respeitar a opinião do povo de Rondônia, não acredito que tenha deputado tão cara de pau assim, será??

Passeata por Naiara Carine

A poucos dias do fatídico primeiro mês do assassinato da jovem Naiara Carine, trucidada por mais de 20 facadas, estuprada e jogada num matagal, a polícia continua sem pistas para elucidar o caso. A família da jovem está programando uma passeata de protesto para este próximo domingo, dia 24. Enquanto isso, o que todos torcem é para que os matadores de Naiara, sejam logo presos, até para evitar que eles voltem a atacar jovens indefesas. E façam com elas, o mesmo que fizeram com a linda garota chacinada. Domingo será um dia de muitas emoções como brasileiro, e como pai de família, espero todos lá.

CONTATOS: Contatos com a coluna podem ser feitos pelos telefones (69) 3224-6669 / 9214-1426, ou ainda pelo email: danny_bueno3@hotmail.com. No Facebook: www.facebook.com/danny.bueno2 /ou no www.twitter.com/dannybueno3 ), ou ainda no www.dannybueno.blospot.com. Caso queira entregar denúncias ou documentos, favor encaminhar para Avenida Pinheiro Machado, nº 600 - Olaria, Porto Velho – RO / CEP. 76.801 – 213 - aos cuidados de Danny Bueno.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (21/02) – Transposição para todos

Transposição para policiais já é realidade

Para quem duvidava, a notícia da vitória dos advogados rondoniense, aliados a uma banca de Brasília sobre a sentença, que já começou a ser cumprida pelo Governo Federal, com o enquadramento dos 1,2 mil policiais militares entre ativos, inativos e pensionistas, na folha da União, explodiu como uma bomba e provocou forte comoção em meio aos demais servidores do estado, que vivem a expectativa de serem igualmente beneficiados com a medida.

Ficaram animados com a perspectiva, pois a sentença é definitiva e, além de não ser mais possível a interposição de recursos, ainda cria jurisprudência capaz inclusive de justificar a ampliação do quadro de beneficiados com a transposição administrativa. Anunciada também, pelo advogado José Cleber Martins Viana, de uma vitória também no processo de mais 1,6 mil policiais militares contratados entre 87 e 91. E não estão errados ao imaginar que podem conseguir na Justiça o que na política não passou de um monumental engodo, especialmente da parte da presidente Dilma Roussef, que ficou só na promessa eleitoreira.

Novo Shopping na capital

Dessa vez parece que sai do esqueleto uma suntuosa obra paralisada há mais de 4 anos às margens da BR 364, conhecida como o shopping do Dênis Baú, presidente escorraçado da FIERO pela justiça sob suspeitas de fraude eleitoral e desvio de dinheiro público. É que esteve reunido na capital com o prefeito Mauro Nazif, o mega empresário, conhecido como o rei dos shoppings, da região central do Brasil, Carlos Amastha, que comprou o empreendimento do Baú e  pretende investir pra começar, a bagatela de 300 milhões em Porto Velho.

No meio da conversa

Intrigado com a história de que o prefeito Mauro Nazif teria disposto apenas de 900 mil reais para chegar a prefeitura na capital, o empresário milionário de Palmas/TO, que também é o prefeito eleito de lá (Palmas), esse mesmo que vem aqui investir 300 milhões no novo shopping aqui em Rondônia, admitiu que para alcançar a sua vitória teve que desembolsar 10 milhões de reais e estava convencido de que o nosso prefeito teria errado nas contas declaradas, mas, antes mesmo de exprimir os seus questionamentos, viu o prefeito Mauro tirar um caco de plástico jurássico de seu bolso, o qual ele chama de celular, e se conteve em aceitar pela força do desencargo de consciência.

Silêncio nas trincheiras petistas

Até o presente momento, antes do fechamento desta edição ninguém soube dizer quais foram os resultados da reunião ocorrida no diretório do PT na capital, em que seria decidido o futuro partidário ex-prefeito Roberto Sobrinho, apenas o mais absoluto silêncio reinou após o encerramento da reunião e muitos evitam revelar o que foi conversado dentro do recinto. Para grande maioria dos analista e jornalista político de Porto Velho, tudo vai como sempre acabar em pizza, pois o atual diretório é plenamente coordenado por Sobrinho e seus indicados, alguns chegam a ousadia de dizer que é mais fácil Sobrinho e seus pupilos expulsarem os revoltosos do que sair expulso pelos atuais acontecimentos de sua vida pública.

Para quem duvida

Segundo meu Amigo colunista Carlos Sperança, o nosso inesquecível ex-prefeito já começou a se articular para disputar uma vaga na Câmara Federal, provavelmente de Deputado Federal, ou quem sabe até mesmo de Senador. Apesar da piada de mal gosto, gostaria muito de rever o encontro de Roberto Sobrinho com algum integrante do CQC em Brasília, quem sabe lá ele explicaria por que não conseguiu entregar os viadutos da capital nos 10 dias prometidos…Rá rá, rá…

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (19/02) – Rondônia contra Renan

A um passo do precipício

Fora Renan2No próximo Domingo (24/02), às 16:00 hs, ocorrerá na capital de Rondônia um manifesto de grupos organizados que pretendem fazer chegar aos ouvidos de toda nação a indignação do povo rondoniense com a permanência do senador Renan Calheiro na presidência do senado federal. O Ato público é promovido por, empresários, artistas, jornalistas e cidadão de bem que desejam ver o país livre da corrupção e da bandalheira que se tornou o Congresso Nacional. Com a abusiva eleição do senador Renan Calheiros, por meio de votação secreta, a população brasileira em geral sentiu-se esbofeteada pelos seus representantes que deram um claro indício de que não respeitam a opinião de seus eleitores. O evento promete contar com a participação de muitos moradores de Porto Velho.

Dia do Basta

Fora RenanO manifesto que se intitula “Dia do Basta”,  e não se resume apenas a declarar a revolta pela votação em Renan Calheiros, pretende deixar bem claro para os senhores deputados federais,, senadores e políticos de todo Estado que a população está cansada de se sentir “feita de palhaça” e que tais desmanados estão provocando atos coletivos que podem sim promover grandes mudanças no cenário político, basta ver a criação da própria “Lei da Ficha Limpa”, em 2010, com a coleta de mais de um milhão de assinaturas e que hoje provoca tanta dor de cabeça na vida de políticos e funcionários públicos país afora.

Petição em andamento

Uma outra coleta de assinaturas, realizada pelo site internacionalmente reconhecido, por ser uma rede campanhas globais, abordando os mais variados assuntos de interesse público, o AVAZZ, já conseguiu em tempo recorde angariar mais de 1,6 milhões de assinaturas para apresentar ao Congresso Nacional em petição pelo impeachment do presidente Renan Calheiros, que se acontecer, será o primeiro na história do senado brasileiro.

Motivos de sobra

Para os organizadores da comunidade, que tem fórum internacional, o que está acontecendo na política brasileira é uma tragédia sem precedentes e que precisa ser evitada a qualquer custo. Segundo eles, Na última vez que Renan foi acusado de crimes e outras sujeiras, em 2007, os senadores criaram um bloco de oposição e se recusaram a trabalhar com ele até que ele renunciou. Nós podemos pedir que eles façam isso de novo. A pressão pública em cima de Renan é tão grande que apenas 35 senadores admitiram ter votado nele. A maioria é contra ele ou tem vergonha de dizer que votou nele.

Não podia ser mais claro

As acusações contra Renan não são compatíveis com a Presidência do Senado. É ultrajante ter um homem presidindo o legislativo do Brasil com um processo de escândalos de corrupção no Supremo Tribunal.
E há mais: a eleição de Renan foi provavelmente inconstitucional. Nossa Constituição não prevê uma votação secreta para a presidência do Senado. E nunca houve uma clara posição pública sobre esta nomeação. 1,6 milhão de nós se uniram para dizer "NÃO!". Isso é o equivalente a uma iniciativa popular e duas vezes a quantidade de votos que Renan recebeu para ser eleito Senador.

Pra completar

Na quarta-feira, o grupo vai criar um ato sem precedentes na frente do Senado e causar um rebuliço na mídia. Os senadores, Pedro Taques (PDT), Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), Eduardo Suplicy (PT) e Randolfe (PSOL) já concordaram em nos receber, mas todos serão convidados - agora vamos inundar os Senadores com mensagens e deixar claro que eles não podem mais se esconder atrás do voto secreto e por isso vamos ver se eles aparecem ou não para ouvir o apelo do povo para uma ação.

Fora Renan em 48 horas

Dentro de 48 horas, vão entregar nossa poderosa petição com quase 1,6 milhão de assinaturas da campanha “Fora Renan” para o Senado. Mas para vencermos, precisamos, neste momento, aumentar a pressão - veja como em:

http://www.avaaz.org/po/fora_renan_senators_e_stf_2/?bYwYCdb&v=22105

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (18/02) -

Sobrinho na cova dos leões

Na tarde desta segunda feira (18/02), a executiva do PT se reuniu na capital para ouvir a versão do ex-prefeito afastado do cargo antes do término de seu mandato, por determinação da justiça em virtude da investigação judicial promovida pelos MPF e MP/RO, através da Operação Vórtice. Até o presente fechamento desta edição não se sabia os resultados da decisão da executiva quanto a expulsão ou não do ex—prefeito do Partido dos Trabalhadores, pois a presidência do mesmo, que está a cargo de seu aliado e amigo de longa data, Tácito Pereira com certeza tentará de todos os meios preservar o “companheiro Sobrinho”, mesmo contrariando a grande maioria da chamada ‘militância” que desejam ver Roberto Sobrinho sentado em uma cadeira elétrica a permanecer no partido, mais detalhes na próxima coluna.

Degola na Assembleia

Mesmo detendo uma curiosa admiração de meia dúzias de “ex-pupilos”, que provavelmente o livrarão da expulsão sumária, o ex-prefeito já obteve sua resposta quanto a permanência na Assembleia Legislativa de veio a canetada aplicada pelo presidente Hermínio Coelho, exonerando sem mais delongas o assessor especial lotado no gabinete da deputada Epifania Barbosa (PT), que não ficou nada satisfeita com a expulsão de seu assessor do quadro funcional de seu gabinete, parece que a esperança era de que a decisão se adiasse um pouco mais para que o tempo pudesse dar espaço a negociações ou esquecimentos. Perdeu…

Agora só “Fichas Limpas”, será?

O governador Confúcio Moura decidiu adotar os mais rígidos critérios com base na Lei da Ficha Limpa, visando a atualização cadastral dos servidores do Estado de Rondônia, cumprindo o que determina a referida Lei, denominada “Lei da Ficha Limpa Estadual”, o secretário de Estado de Administração (Sead), Rui Vieira de Sousa, encaminhou ofício circular aos dirigentes das pastas estaduais do Poder Executivo para que recomendem aos servidores detentores de cargos comissionados, efetivos ou não, para que reúnam as certidões Negativa da Sefin; Negativa do Tribunal de Contas; Negativa da Justiça Federal; Negativas do Tribunal de Justiça (1ª e 2ª Instância); Negativa da Corregedoria e Negativa da Justiça Eleitoral e as encaminhem à Sead até o dia 28 de fevereiro do ano em curso. É pagar pra ver se cola.

Cassol abre a corrida eleitoral

Despreocupadamente, o ex-governador e atual senador da república Ivo Narciso Cassol (PP), vem “passeando” pelo interior do Estado a difundir a sua tese de que acredita que será inocentado pelo STF e por isso já está a vontade para manifestar aos seus eleitores a sua disposição para o retorno ao governo do Estado, que segundo o senador progressista, o mesmo está clamando pela sua retomada às rédeas do executivo estadual.

Não é muito bom contar com o ovo Ivo

Segundo vários analistas jurídicos, é praticamente um ato de Deus, se o senador Cassol conseguir reverter as decisões que o impedem sequer de se candidatar a qualquer cargo eletivo antes de 2016, porém, como o italiano é mais teimoso do que aqueles bonecos de loja infantil, conhecidos como “João Teimoso”, que insistem não ser derrubado, ele continua alimentando a sua esperança de voltar ao Palácio Getúlio Vargas com a força do povo. Será que o ministro Joaquim Barbosa será o contemplado como relator dos processos de Cassol?

AROM reaviva a união dos prefeitos

O presidente da Associação Rondoniense dos Municípios – AROM, Vitorino Cherque (PMDB), esteve reunido com grande parte dos prefeitos de Rondônia neste fim de semana para cobrar um lote de reivindicações ao governo estadual,  além de levantar as necessidades coletivas das prefeituras, os participantes assistiram a palestras dos representantes de pastas estaduais ligadas ao planejamento e desenvolvimento econômico, de interesse dos municípios. As metas a serem trabalhadas pela Arom foram definidas pelos próprios prefeitos, conforme articulou o presidente da associação.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (15/02) Asteroide erra o alvo e cai na Rússia…Congresso escapa dessa vez.

Que pena

Hoje pela manhã, a impressionante imagem de um pequeno asteroide de apenas 10 toneladas que caiu próximo a um povoado na Rússia, e que  foi o suficiente para abrir um cratera de 80 KM e deixar mais de 500 pessoas feridas com estilhaços de vidros de casas e prédios que voaram por toda parte, apavorou a comunidade mundial. Em conversa com alguns amigos jornalistas estávamos conjecturando a hipótese deste mesmo asteroide cair fatalmente e justamente em Brasília, mais especificamente sobre o Congresso, quais não seriam os “prejuízos” para a nação brasileira?Meteoro-Russia-2013-02-15 Para um, o estrago seria pequeno, pois só a Câmara tem 485 deputados, somados aos mais de 80 senadores não atingiríamos o de baixas satisfatórias. Para já para o outro colega, os danos seriam apenas materiais pois em Brasília, toda sexta feira os únicos insetos que se encontram nas casas legislativas federais são as moscas e as baratas, pois os ratos saem em retirada para suas regiões de origem  toda quinta feira. Oh raça esperta!...

Segundo a NASA, a queda não tem relação com a passagem do asteroide 2012 DA14 pela Terra hoje (15/02), a partir das 17:00 (No Brasil). Esse corpo celeste, muito maior que o da Rússia, deve passar a 27 mil quilômetros do planeta.

Para quem quiser assistir o vídeo com a queda do asteroide na Rússia, basta acessar este endereço no YouTube:

Asteroide cai em local equivocada, esqueceu as coordenadas de Brasília.

Quem sabe

Os cálculos da NASA estivessem errados e esse asteroide de ontem tivesse o grato favor de realizar o sonho de milhões de brasileiros em pulverizar aquele pequeno espaço cancerígeno que se alojou no coração do país, mas, claro, isso em dia de casas lotadas e sem a inocente população estar presente na cidade, ai sim poderíamos classificar o episódio como um genuíno ato de Deus. Particularmente, eu desejaria que o ponto zero fosse em cima da cadeira da presidência do senado, falei.

Caso Naiara - Um silêncio perturbador

Passados quase um mês que a jovem Naiara Carine, 18 anos, foi encontrada morta a facadas, após ter sido brutalmente estuprada por mais de um elemento, a polícia civil não apresentou qualquer novidade sobre a quantas andam as investigações do caso, esperamos sinceramente que estejam promovendo um esforço a altura e dimensão que o caso assumiu, Deus nos livre de pensar que este vai ser mais que estejam esperando cair no esquecimento. A jovem universitária, aluna de jornalismo da UNIRON, foi trucidada com requintes de crueldade e abandonada em pleno matagal. Cheia de vida pela frente, amiga de todos e muito amada pela família, Naiara Carine entra para as estatísticas do bárbaros crimes que vem acontecendo em nosso Estado, onde o clamor da sociedade já superou os limites da tolerância e se torna inconcebível que as autoridades responsáveis não encontrem qualquer resposta que confronte a ação desses monstros.

Homenagem

Na página da Faculdade de Porto Velho, uma página de pesar foi publicada em homenagem a estudante que sempre foi tida como uma pessoa pacífica e de conduta exemplar:

http://www.uniron.edu.br/index.php?pg=informando&id=13170

Bandidagem impera

Mais um caso envolvendo jornalista da capital agita os bastidores da imprensa e demonstra a fraqueza do Estado em atender até mesmo seus próprios funcionários, o jornalista Felipe Veras Canto, lotado no DECOM teve que pedir ajuda em nota enviada aos jornais de Rondônia para poder ser ouvido pelo governo.

O Caso.

Um jovem, que se intitula Tonny Rox em sua página do Face book, que se diz protegido da mãe que é funcionária pública lotada no Ministério Público de Rondônia vem sistematicamente ameaçando e confrontando no meio da rua o jornalista na presença de colegas, declarando abertamente que vai tirar a vida de Felipe se este não se calar quanto a um assalto realizado em sua casa e, que segundo boletins de ocorrência produzidos por Felipe Veras, foram praticados pelo seu perseguidor, que na época era seu motorista.

Providências

Espero que não venhamos a publicar mais assassinato brutal de um jovem produtivo e cheio de futuro pela frente, como no caso de Naiara Carine, pela simples inoperância do Estado em promover aquilo pelo qual é fartamente pago através de impostos, para fazer em prol da população, ou seja, o mínimo de segurança, o mínimo de saúde e o mínimo de educação.

Nas prensas

Já está sendo impressa a terceira edição da “Minha Revista” – A vitrine da mulher Rondoniense”, nesta edição teremos muitas novidades e a inclusão de novos clientes, como é o caso da grife Dudalina, uma das maiores camisarias do Brasil, que tem peças de alto estilo e muito bom gosto. A maioria dos empresários e empresárias de Porto Velho e do interior já aprovaram o corte da estilosa boutique que fica no Porto Velho Shopping e está sob o comando da competente advogada e empresária Jaqueline Cassol.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (13/02) -

Acabou a fantasia

Eis que se inicia propriamente o ano de 2013, na  próxima segunda feira (18/02), passada a semana de Carnaval com a sua pesarosa quarta feira de cinzas e suas ressacas remanescentes, restando apenas 10 dias para o final do segundo mês do ano é que nosso abençoado país voltará a plena realidade, acordado em seu berço esplêndido de mais um sonho de fantasias promovido por mais uma temporada de esbórnia, endividamentos e improdutividade. Para muitos, os que reclamam das apoteóticas festa promovidas pelas prefeituras e governos durante as datas carnavalescas não passam de radicais isolados que se enclausuram em suas masmorras enquanto o “povo” sonha feliz.

Mas,

Em recentes pesquisas e declarações de empresários, jornalistas, atletas, professores, médicos, juízes e até políticos os prejuízos causados pelo carnaval são tão irreparáveis para a saúde, a mentalidade e a economia do Brasil quanto as ilusórias alegrias que a mídia de cabresto tenta vender aos ébrios foliões.

Quem realmente ganha com os carnavais

Em primeiro lugar os políticos que se aproveitam da época de extremo desvarios do povo, que só quer extravasar suas frustrações para anunciar pacotes e medidas que mais prejudicam do que ajudam a vida da população, em segundo lugar os promotores milionários de eventos gigantescos que agem como verdadeiros irresponsáveis com as vidas alheias que são aparadas pela péssima estrutura de segurança do governo em caso de incidentes em massa e em terceiro lugar os traficantes, pedófilos, empresas de bebidas, empresas de cigarros, artistas de péssimo gosto musical e toda sorte de organizações criminais legalizadas e ilegais que povoam a indústria do Carnaval.

(REPRODUÇÃO DAS BRILHANTES PALAVRAS DA JORNALISTA RACHEL SHERAZARDE)

E o que o “Povo” ganha com essa bela e democrática “Festa Popular”?

“Balela! O carnaval virou negócio – dos ricos. Que o digam os camarotes VIP, as festas privadas e os abadás caríssimos, chamados "passaportes da alegria".

E quem não tem dinheiro para comprar aquele roupinha colorida não tem, também, o direito de ser feliz??? Tem não.

…A maioria dos blocos vive às custas do poder público e nenhuma atração sobe em um trio elétrico para divertir o povo só por ser, o carnaval, uma festa democrática.

Milhões de reais são pagos a artistas da terra e fora dela para garantir o circo a uma população miserável que não tem sequer o pão na mesa”...

…“Fico indignada quando vejo a quantidade de ambulâncias disponibilizadas num desfile de carnaval para atender aos bêbados de plantão e valentões que se metem em brigas e quebra quebra.

Onde estão essas mesmas ambulâncias quando uma mãe de família precisa socorrer um filho doente? Quando um trabalhador está enfartando? Quando um idoso no interior precisa se deslocar de cidade para se submeter a um exame?”….

….“Mas o carnaval é uma “festa maravilhosa!” Dizem até que faz girar a economia. Que os pequenos comerciantes conseguem vender suas latinhas, seu churrasquinho... MENTIRA…Se esses pais de família dependessem do carnaval para vender e viver, passariam o resto do ano à míngua. Alguém já parou para calcular o quanto o estado gasta para socorrer vítimas de acidentes causados por foliões embriagados? Quantos milhões são pagos em indenizações por morte ou invalidez decorrentes desses acidentes?

Quanto o poder público desembolsa com os procedimentos de curetagem que muitas jovens se submetem depois de um carnaval sem proteção que gerou uma gravidez indesejada? Isso sem falar na quantidade de DST’s que são transmitidas durante a festa em que tudo é permitido!

Eu até acho que o carnaval já foi bom... Mas, isso foi nos tempos de outrora”. (Rachel Sherazarde – SBT).

Ressaca

De volta às atividades, as Assembleias Legislativas e Congresso Nacional deve retornar suas atividades a partir do próximo dia 15 de fevereiro, mas, o início do ano para os nossos deputados só se dá mesmo a partir do dia 19/02 (Terça), da próxima semana, após terem descansados por quase 90 dias  e receberem gordos salários regados com adicionais e 13º e 14º , no caso dos federais, sem nada a descontar dos seus  impostos de renda, por que ninguém de ferro né…

CONTATOS: Contatos com a coluna podem ser feitos pelos telefones (69) 3224-6669 / 9214-1426, ou ainda pelo email: danny_bueno3@hotmail.com. No Facebook: www.facebook.com/danny.bueno2 /ou no www.twitter.com/dannybueno3 ), ou ainda no www.dannybueno.blospot.com. Caso queira entregar denúncias ou documentos, favor encaminhar para Avenida Pinheiro Machado, nº 600 - Olaria, Porto Velho – RO / CEP. 76.801 – 213 - aos cuidados de Danny Bueno.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (07/02) - Tiririca não fica, por que encontrou o pior na política

Tiririca não fica, por que encontrou o pior na política

549246_448736911862423_988027556_nEm recente entrevista concedida a Folha de São paulo o humorista Tiririca, que se elegeu expressivamente com o lema: “Vote em Tiririca, pior do que tá não fica”, anunciou que está deixando a política para se dedicar apenas a vida artística, como desculpas o deputado Francisco Everardo Oliveira Silva (Tiririca), apresentoua a sua necessidade de passar mais tempo com os filhas, a frustração de não ter tido nenhum de seus projetos aprovados pela casa e a “baixa” remuneração da vida pública. Segundo ele, como artísta consegue levantar muito mais do que seus 26,500 reais mensais de salário como deputado federal e viver muito mais realizado com aquilo que realmente gosta de fazer. Para alguns, isso pode realmente fazer sentido, até mesmo para o próprio Tiririca, mas, a grande parte da população brasileira percebe nitidamente que o maior desgosto do deputado palhaço é a decepção e indignação de fazer parte de uma categoria tão mal afamada e que a cada dia que passa oferece mais motivos para desmotivar qualquer cidadão de bem a ingressar na carreira política. O que pode parecer triste surpresa para Tiririca apenas expõe um velho retrato de natureza depravada e promíscua que se formou nas últimas décadas na classe política brasileira. Foi-se o tempo em que ser um político era sinônimo de credibilidade moral e louvor público, ao ponto de deixar um dos mais conhecido humoristas do país sem a menor graça.

O choro de Elis

Ao fazer uso da tribuna nesta segunda (04/02), veredaora Elis Regina de  Porto Velho deu um exemplo de dignidade sem igual ao rebater as afirmações de Jair Ramires, ex-secretário de obras preso pela operação Vórtice da Policia Federal, que a degradava como ser humano. Elis precisou de muita coragem e auto estima para encarar o público presente e repetir as palavras de seus difamadores, a certo ponto, o choro se tornou inevitável, o que causou grande comoção aos presentes, para Elis, apesar da ofensa tudo deve ficar no campo da política sem mágoas futuras, porém para os seus ofensores a coisa ficou pra lá de odiosa.

Dilma vai tentar reparar o mal feito

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta terça-feira, em entrevista a emissoras de rádio do Paraná, que o governo estuda para este ano a desoneração integral da cesta básica e a revisão de seu conceito, já “ultrapassado”. A medida, segundo ela, deve contribuir para que a inflação seja menor em 2013.

- “Como a lei que definiu a cesta básica é bastante antiga, nós estamos revisando os produtos que integram a cesta, a fim de que possamos desonerá-los integralmente…”

O principal fator que levará à queda da inflação, segundo a presidenta, é a redução de cerca de 18% nas tarifas de energia para pessoa física e 32% para o setor produtivo. Além de beneficiar todas as famílias diretamente na conta de luz, ela disse que a medida estimulará o aumento da produção, das contratações e da competitividade da indústria.

Dilma Rousseff reconheceu que o aumento do preço da gasolina terá impacto negativo na inflação, mas argumentou que este será muito menor do que o benefício trazido pela redução da tarifa de energia, tomara que aconteça.

Hermínio entra na briga

O presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, deputado Hermínio Coelho (PSD), se manifestou hoje contrário a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (em tramitação no Congresso Nacional), denominada de PEC 37, que retira do Ministério Público, Receita Federal e Tribunal de Contas, o papel investigativo. “Podemos classificar esta matéria como a PEC da impunidade, da irresponsabilidade”, disse.

O deputado que é um defensor do patrimônio público acredita que a aprovação é uma “amordaça” aos órgãos fiscalizadores do país. De acordo com o deputado a aprovação da referida PEC, não irá contribuir para o engrandecimento das instituições republicanas, representa um retrocesso em vista ao combate as mais variadas formas e seguimentos de corrupção instalados no país, bem como contraria decisões de nossos Tribunais e até tratados internacionais.

CONTATOS: Contatos com a coluna podem ser feitos pelos telefones (69) 3224-6669 / 9214-1426, ou ainda pelo email: danny_bueno3@hotmail.com. No Facebook: www.facebook.com/danny.bueno2 /ou no www.twitter.com/dannybueno3 ), ou ainda no www.dannybueno.blospot.com. Caso queira entregar denúncias ou documentos, favor encaminhar para Avenida Pinheiro Machado, nº 600 - Olaria, Porto Velho – RO / CEP. 76.801 – 213 - aos cuidados de Danny Bueno.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia (06/01) -

Receita libera restituições hoje

A Receita Federal libera às 9 horas de amanhã (6) um novo lote de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física, que estavam retidas na malha fina. No lote constam declarações referentes aos exercícios de 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. O dinheiro das restituições será depositado no banco no próximo dia 15 para um total de 92.562 contribuintes.

Em relação ao exercício de 2012, serão creditadas restituições para um total de 64.289 contribuintes, com correção de 6,6 %. Para o exercício de 2011, serão creditadas restituições a um total de 12.546 contribuintes, corrigidas em 17,35 %. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet, ligar para o Receitafone (146) ou usar um aplicativo para tablets e smartphones.

Bota fora na FIERO

Apesar de ter tido uma decisão favoréval pela sua permanência através da juíza substituta da 5ª Vara, Fernanda Constantino de Campos, que nos autos do processo 0001064-98.2012.5.14.005, julgou desnecessária a constituição da junta governativa e ainda recomendou que o Conselho de Representantes fosse convocado para dar posse a Denis Baú na nova gestão, até que houvesse o julgamento das ações, O vice-presidente  do TRT-14 região, desembargador do trabalho Francisco Jose Pinheiro Cruz, concedeu liminar, na noite deste domingo (03), do Mandado de Segurança impetrado por nove sindicatos que compõem a Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (Fiero), em que ratificou a soberania do Conselho de Representantes da Fiero e determinou a posse imediata da junta governativa provisória nomeada pelo Conselho para gerir a Federação até que sejam proferidas as sentenças das ações.

Ossos do armário

A briga entre os sindicatos filiados e o atual presidente deposto pela justiça vinha se arratstando há dois anos, de lá prá cá, Denis Baú usou de todos os artifícios jurídicos e administrativos para impedir o completo acesso dos sindicatos as prestações de contas e a documentos internos que revelariam aonde estão sendo gastos os recursos repassados à entidade. Coma nova decisão, os novos dirigentes começaram ontem mesmo a realizar um pente fino em todas gavetas da FIERO e determinaram aos funcionários da casa que proibam o acesso do ex-presidente a documentos e principalmente a contas bancárias da federação. Pelo visto, se as suspeitas se confirmarem, muitos ossos poderão ser desenterrados desse “armário” que estava trancafiado a sete chaves.

7 Boates fechadas na capital

Aos poucos as autoridades começam demonstrar que o “Efeito Kiss” veio para ficar e batem duro contra os proprietários de casas de shows que insistem em manter o ambiente inseguro, insalubre e com documentação irregular.  De acordo com os resultados do CBMRO, foram vistoriados 44 estabelecimentos cadastrados na Diretoria de Prevenção e Serviços Técnicos (DPST), 18 foram notificados para correções diversas e sete interditados por não atender as mínimas regras de segurança, e 19 estabelecimentos estavam regularizados obedecendo todas as normas de segurança para locais público.
As irregularidades mais comuns encontradas foram os bares devidamente cadastrados, mas funcionando como locais de reunião de público, o que não permite as normas de segurança.

comunicado-jornal-folha-de-rondonia542x304_1318aicitonp16vlt7b0j1v0dl8fm0tqb61e811

O triste fim da Folha

Para muitos que ainda não perceberam, o jornal Folha de Rondônia, radicado em Ji-Paraná, que está paralisado há mais de uma ano, após ter agonizado por longos em uma batalha jurídica entre os antigos proprietários e os sucessivos arrendatários, finalmente chegou-se ao fim da sua novela com um final pra lá de infeliz, principalmente para os ex-funcionários que saem como maiores prejudicados após décadas de dedicação e defesa de um dos ícones da comunicação dentro do Estado.

FOLHA_GRAFICA_4Não é difícil encontrar ex-funcionários perambulando pelas ruas de Porto Velho a procura de emprego nas áreas que atuaram sistematicamente durante anos, como é o caso dos impressores, que chegavam a imprimir mais de 10 mil exemplares por dia, entre os jornal da casa e os tercerizados. Pessoas humildes, que apenas defendiam seu pão e não foram poupadas nem pela justiça e muito menos pelos ex-patrões. Ao que se sabe, o predio agora abandonado, não possui mais nenhuma folha de papel em seu interior e foi confiscado pela Justiça do Trabalho, que alienou o imóvel como forma de pagamento de outro projeto desastroso do dono do imóvel que resulltou em dezenas de causas trabalhistas. Ou seja, os funcionários da própria Folha estão longe de verem seus ativos trabalhistas recebidos por que o que seria objeto de pagamento de suas causas já foi repassados para outros credores, é lamentável, perde a imprensa rondoniense e perdem os leitores que prestigiavam o excelente trabalho executado pelos funcionários, em nome dos quais eu cito aqui em nome de todos os meus Amigos Roberto Gutierrez, Paulo Roberto (Tatu), o Deodato e o Sidney.

CONTATOS: Contatos com a coluna podem ser feitos pelos telefones (69) 3224-6669 / 9214-1426, ou ainda pelo email danny_bueno3@hotmail.com. No Facebook: www.facebook.com/danny.bueno2 /ou no www.twitter.com/dannybueno3 ), ou ainda no www.dannybueno.blospot.com. Caso queira entregar denúncias ou documentos, favor encaminhar para Avenida Pinheiro Machado, nº 600 - Olaria, Porto Velho – RO / CEP. 76.801 – 213 - aos cuidados de Danny Bueno.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Crônicas de Rondônia–(01/02) Adeus Janeiro / O retorno de Hermínio

Adeus Janeiro

Conhecido como o mês mais demorado a passar, devido a letargia tradicional que acomete os orgãos público e os milhares compromissos financeiros que são adiados pela expectativa do retorno dos dirigentes e empresários de suas merecidas férias. Janeiro, também conhecido como o mês do recomeço está longe de ser um mês a ser comemorado, a ansiedade que se forma em torno de sua rápida passagem acaba deixando mais estressada a população que não vê a hora de chegar logo a segunda quinzena de Fevereiro, com a passagem do Carnaval, para que as coisas entrem novamente nos rumos e que o novo ano começe de verdade. Acho que a única categoria que fica feliz mesmo com mês de Janeiro deve ser a políticos, quanto mais demora pra voltar ao trabalho, menos eles precisam trabalhar pra ganhar seus gordos salários.

Ave Hermínio

Dono de um carisma incontestável, o presidente da Assembléia Legislativa de Rondônia, GHermínio Coelho (PSD), foi reeleito sem maiores complicações nesta Sexta Feira (01/02), com honras de grande estadista, com a presença dos presidentes do Tribunal de Contas, José Euler Potyguara Pereira de Mello, Tribunal de Justiça do Estado, Roosevelt Queiroz Costa, Procurador Geral do Estado, Héverton Aguiar, Secretário Chefe da Casa Civil, Dr. Dr. Marco Antônio de Faria, representando o Governador Confúcio Moura e a presença do vice prefeito, Dalton de Franco, representando o prefeito Mauro Nazif.

DSCF0609

A quem diga

Que durante a semana, alguns deputados aliados tentaram arquitetar uma manobra para desbancar a reeleição de Hermínio Coelho, mas, o desmentido foi dado pelo próprio secretário chefe da Casa Civil, Dr. Marco Antônio de Faria, que em seu discursso afirmou que o governador não tem o menor interesse em prejudicar a presidência da Assembléia e muito menos tentou ingerir na reeleição da mesma. o próprio Hermínio Coelho ao falar sobre o assunto em seu discurso de posse, afirmou que fez questão de ligar pessoalmente ao governador para convidá-lo para sua posse e desfazer qualquer impressão de rancor entre as partes.

Porém,

Ao fazer uso da tribuna, o presidente reeleito também criticou duramente a falta de diálogo entre os poderes, afirmando que “existe a necessidade de mais discussões conjuntas para um maior desenvolvimento do Estado, como no caso da agricultura que está comprometida por falta de investimentos, enquanto a área de segurança recebeu um bilhão para a construção de mais presídios e setores secundários que só deixarão mais “engessado” do que está o nosso Estado”

Resultado,

DSCF0589Deu aquilo que todos previam, Hermínio permaneceu na presidência e Maurão com a vice –Presidência por mais dois anos, até 2015 a Assembléia estará soba a batuta de um ex-cobrador de ônibus, coisa que Hermínio Coelho nunca deixou esquecer à ninguém e usa tal atributo com muita propriedade para engrandecer homens humildes que alcançam o sucesso em suas vidas. Durante sua fala Hermínio lembrou também que, assim como ele, tanto o presidente do Tribunal de Contas, José Euler Potyguara Pereira de Mello, e o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Roosevelt Queiroz Costa são naturais de Estados nordestinos e de origem humilde, os quais tiveram que lutar muito pra chegar aonde estão. Resultado, foi aplaudido e ovacionado a todo momento pelo sua maneira peculiar de contar suas histórias de vida sempre com uma pitada de humor que lhe é característico.

CONTATOS: Contatos com a coluna podem ser feitos pelos telefones (69) 3224-6669 / 9214-1426, ou ainda pelo email danny_bueno3@hotmail.com. No Facebook: www.facebook.com/danny.bueno2 /ou no www.twitter.com/dannybueno3 ), ou ainda no www.dannybueno.blospot.com. Caso queira entregar denúncias ou documentos, favor encaminhar para Avenida Pinheiro Machado, nº 600 - Olaria, Porto Velho – RO / CEP. 76.801 – 213 - aos cuidados de Danny Bueno.

PUBLICIDADE

ESTOU EM PAZ, E VOCÊ ?

Um Diploma ou um Sacerdócio?

Que respostas podemos dar à indagação sobre os motivos de se exigir que o profissional de Jornalismo seja formado por uma faculdade?

Digamos, desde logo, que a faculdade não vai "fazer" um jornalista. Ela não lhe dá técnica se não houver aptidão, que denominamos de vocação.

A questão é mais séria e mais conseqüente. A faculdade, além das técnicas de trabalho, permite ao aluno a experiência de uma reflexão teórica e, principalmente, ética.

Não achamos absurdo que um médico deva fazer uma faculdade. É que vamos a ele entregar o nosso corpo, se necessário, para que ele corte, interfira dentro de seu funcionamento, etc.

Contudo, por vezes discutimos se existe necessidade de faculdade para a formação do jornalista, e nos esquecemos que ele faz uma intervenção muito mais radical sobre a comunidade, porque ele interfere, com seus artigos, suas informações e suas opiniões, diretamente dentro de nosso cérebro.

Acho que, pelo aspecto de cotidianidade que assumiu o Jornalismo, a maioria das pessoas esquece que o Jornalismo não é uma prática natural.

O Jornalismo é uma prática cultural, que não reflete a realidade, mas cria realidades, as chamadas representações sociais que interferem diretamente na formulação de nossas imagens sobre a realidade, em nossos valores, em nossos costumes e nossos hábitos, em nossa maneira de ver o mundo e de nos relacionar com os demais.

A função do Jornalismo, assim, é, socialmente, uma função extremamente importante e, dada a sua cotidianidade, até mais importante que a da medicina, pois, se não estamos doentes, em geral não temos necessidade de um médico, mas nossa necessidade de Jornalismo é constante, faz parte de nossas ações mais simples e, ao mesmo tempo mais decisivas, precisamos conhecer o que pensam e fazem nossos governantes, para podermos decidir sobre as atividades de nossa empresa; ou devemos buscar no Jornalismo a informação a respeito do comportamento do tempo, nas próximas horas, para decidirmos como sair de casa, quando plantar, ou se manter determinada programação festiva.

Buscamos o Jornalismo para consultar sobre uma sessão de cinema, sobre farmácias abertas em um feriadão, mas também para conhecermos a opinião de determinadas lideranças públicas a respeito de determinado tema, etc.

Tudo isso envolve a tecnologia e a técnica, o nível das aptidões, capacidades e domínio de rotinas de produção de um resultado final, que é a notícia.

Mas há coisas mais importantes: um bom jornalista precisa ter uma ampla visão de mundo, um conjunto imenso de informações, uma determinada sensibilidade para os acontecimentos e, sobretudo, o sentimento de responsabilidade diante da tarefa que realiza, diretamente dirigida aos outros, mais do que a si mesmo.

Quando discuto com meus colegas a respeito da responsabilidade que eu, como profissional tenho, com minha formação, resumo tudo dizendo: não quero depender de um colega de profissão, "transformado" em "jornalista profissional", que eventualmente eu não tenha preparado corretamente para a sua função.

A faculdade nos ajuda, justamente, a capacitar o profissional quanto às conseqüências de suas ações.

Mais que isso, dá ao jornalista, a responsabilidade de sua profissionalização, o que o leva a melhor compreender o sentido da tarefa social que realiza e, por isso mesmo, desenvolver não apenas um espírito de corpo, traduzido na associação, genericamente falando, e na sindicalização, mais especificamente, mas um sentimento de co-participação social, tarefa política (não partidária) das mais significativas.

Faça-se uma pergunta aos juízes do STF a quem compete agora julgar a questão, mais uma vez, questão que não deveria nem mais estar em discussão: eles gostariam, de ser mal informados?

Eles gostariam de não ter acesso a um conjunto de informações que, muitas vezes, são por eles buscadas até mesmo para bem decidirem sobre uma causa que lhes é apresentada através dos autos de um processo?

E eles gostariam de consultar uma fonte, sempre desconfiando dela?

Porque a responsabilidade do jornalista reside neste tensionamento que caracteriza o Jornalismo contemporâneo de nossa sociedade capitalista: transformada em objeto de consumo, traduzido enquanto um produto que é vendido, comercializado e industrializado, a notícia está muito mais dependente da responsabilidade do profissional da informação, que é o jornalista, do que da própria empresa jornalística que tem, nela, a necessidade do lucro.

Assim sendo, é da consciência aprofundada e conscientizada do jornalista quanto a seu trabalho, que depende a boa informação.

E tal posicionamento só se adquire nos bancos escolares, no debate aberto, no confronto de idéias, no debate sério e conseqüente que se desenvolve na faculdade.

Eis, em rápidos traços, alguns dos motivos pelos quais é fundamental que se continue a exigir a formação acadêmica para o jornalista profissional.

A academia não vai fazer um jornalista, mas vai, certamente, diminuir significativamente, a existência de maus profissionais que transformam a informação, traduzida na notícia, em simples mercadoria.

Danny Bueno
Ocorreu um erro neste gadget

______________ ÚLTIMOS VÍDEOS :

Loading...

_______________Arquivo vivo: