»»» LEITURA OBRIGATÓRIA

PUBLICIDADE

Pesquisar matérias no Blog

GALERIA DE VÍDEOS DO BLOG:

quarta-feira, 15 de abril de 2009

SÓ PRA DESCONTRAIR...



NOVÍSSIMAS DO ENEM:

01) "o problema da Amazônia tem uma
percussão mundial. Várias Ongs já se estalaram na floresta." (Percussão essa que tem Carlinhos Brown na ponta!)

02) "A amazônia é explorada de forma> piedosa."(É?)

03) "Vamos nos unir juntos de mãos dadas para salvar o planeta." (Eu quero me unir separado, tem como?)

04) "A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu." (e na velocidade ciiiiiinnnncooooo!!)

05) "Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta." (Ha é, isso é!)

06) "O grande excesso de desmatamento exagerado é a causa da devastação." (porque
pleonasmo pouco é bobagem, tem que ter uma hiperbole no meio.)

07) "Espero que o desmatamento seja instinto."(Eu espero que não!!!!)

08) "A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo." (é mínimo que se pode fazer por um animal extinto é dar um ar limpo para ele dar uma bimbada!)

09) "A emoção de poluentes atmosféricos aquece a floresta." (Esse deveria ser o tema do Emo day 2009)

10) "Tem empresas que contribui para a realização de árvores renováveis." (100.000
milhões de espermatozóides e esse que passou)

11) "Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas." (Ainda bem que eles ainda tem a respirada)

12) "Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna." (eu não preciso, lalalá, eu não
preciso....lalala)

13) "Os desmatadores cortam árvores naturais da natureza." (Mas mantém as renovaveis =p)

14) "A principal vítima do desmatamento é a vida ecológica." (E a principal vitima do Enem é o portugues)

15) "A amazônia tem valor ambiental ilastimável." (É verdade, mas eu lastimo, hááá eu
lastimo muito)

16) "Explorar sem atingir árvores sedentárias." (É mesmo, peguem só essas malditas
árvores ativas que não saem da academia)

17) "Os estrangeiros já demonstraram diversas fezes enteresse pela amazônia." (Medo...o Bush demonstrou fezes no Iraque também e olha só o que deu.....)

18) "Paremos e reflitemos." (Hã....ta Dalai Lama)


19) "A floresta amazônica não pode ser destruída por pessoas não autorizadas." (Tira crachá aonde?)

20) "Retirada claudestina de árvores." (Puta que *****)

21) "Temos que criar leis legais contra isso." (É, porque de Leis ilegais o Brasil está
farto!)

22) "A camada de ozonel." (É> aquela que cobre o Donut?)

23) "a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor." (Ou seja, a galera do Zorra Total!)

24) "A cada hora, muitas árvores são derrubadas por mãos poluídas, sem coração."
(Genesis capitulo....)

25) "A amazônia está sofrendo um grande, enorme e profundíssimo desmatamento devastador,> intenso e imperdoável." (Esse é o famoso "redação com 30 linhas")

26) "Vamos gritar não à devastação e sim à reflorestação." (Grita você, eu tenho vergonha!)

27) "Uma vez que se paga uma punição xis, se ganha depois vários xises." (Depois você
encontra a hipotenusa)


28) "A natureza está cobrando uma atitude mais energética dos governantes." (Fiquei
imaginado a cena...juro!)

29) "O povo amazônico está sendo usado> como bote expiatório." (tadinhos....)

30) "O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando." (subindo!)

31) "Na floresta amazônica tem muitos animais: passarinhos, leões, ursos, etc." (Os
elefantes e tigres estão mesmo extintos)

32) "Convivemos com a merchendagem e a politicagem." (e também com a ignorância....)

33) "Na cama dos deputados foram votadas muitas leis." (profundo!)

34) "Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia."
(Lula, já avisamos para não ajudar as crianças no Enem)

35) "O que vamos deixar para nossos antecedentes?" (a fórmula da longevidade?)

36) "A fiscalisação tem que ser preservativa." (mas de latex que é impermeavel)

37) "Não podem explorar a Amazônia de maneira tão devassaladora." (É hora de morfar!!!!
devastadora + avassaladora= Devassaladora!!)

Postar um comentário

PUBLICIDADE

ESTOU EM PAZ, E VOCÊ ?

Um Diploma ou um Sacerdócio?

Que respostas podemos dar à indagação sobre os motivos de se exigir que o profissional de Jornalismo seja formado por uma faculdade?

Digamos, desde logo, que a faculdade não vai "fazer" um jornalista. Ela não lhe dá técnica se não houver aptidão, que denominamos de vocação.

A questão é mais séria e mais conseqüente. A faculdade, além das técnicas de trabalho, permite ao aluno a experiência de uma reflexão teórica e, principalmente, ética.

Não achamos absurdo que um médico deva fazer uma faculdade. É que vamos a ele entregar o nosso corpo, se necessário, para que ele corte, interfira dentro de seu funcionamento, etc.

Contudo, por vezes discutimos se existe necessidade de faculdade para a formação do jornalista, e nos esquecemos que ele faz uma intervenção muito mais radical sobre a comunidade, porque ele interfere, com seus artigos, suas informações e suas opiniões, diretamente dentro de nosso cérebro.

Acho que, pelo aspecto de cotidianidade que assumiu o Jornalismo, a maioria das pessoas esquece que o Jornalismo não é uma prática natural.

O Jornalismo é uma prática cultural, que não reflete a realidade, mas cria realidades, as chamadas representações sociais que interferem diretamente na formulação de nossas imagens sobre a realidade, em nossos valores, em nossos costumes e nossos hábitos, em nossa maneira de ver o mundo e de nos relacionar com os demais.

A função do Jornalismo, assim, é, socialmente, uma função extremamente importante e, dada a sua cotidianidade, até mais importante que a da medicina, pois, se não estamos doentes, em geral não temos necessidade de um médico, mas nossa necessidade de Jornalismo é constante, faz parte de nossas ações mais simples e, ao mesmo tempo mais decisivas, precisamos conhecer o que pensam e fazem nossos governantes, para podermos decidir sobre as atividades de nossa empresa; ou devemos buscar no Jornalismo a informação a respeito do comportamento do tempo, nas próximas horas, para decidirmos como sair de casa, quando plantar, ou se manter determinada programação festiva.

Buscamos o Jornalismo para consultar sobre uma sessão de cinema, sobre farmácias abertas em um feriadão, mas também para conhecermos a opinião de determinadas lideranças públicas a respeito de determinado tema, etc.

Tudo isso envolve a tecnologia e a técnica, o nível das aptidões, capacidades e domínio de rotinas de produção de um resultado final, que é a notícia.

Mas há coisas mais importantes: um bom jornalista precisa ter uma ampla visão de mundo, um conjunto imenso de informações, uma determinada sensibilidade para os acontecimentos e, sobretudo, o sentimento de responsabilidade diante da tarefa que realiza, diretamente dirigida aos outros, mais do que a si mesmo.

Quando discuto com meus colegas a respeito da responsabilidade que eu, como profissional tenho, com minha formação, resumo tudo dizendo: não quero depender de um colega de profissão, "transformado" em "jornalista profissional", que eventualmente eu não tenha preparado corretamente para a sua função.

A faculdade nos ajuda, justamente, a capacitar o profissional quanto às conseqüências de suas ações.

Mais que isso, dá ao jornalista, a responsabilidade de sua profissionalização, o que o leva a melhor compreender o sentido da tarefa social que realiza e, por isso mesmo, desenvolver não apenas um espírito de corpo, traduzido na associação, genericamente falando, e na sindicalização, mais especificamente, mas um sentimento de co-participação social, tarefa política (não partidária) das mais significativas.

Faça-se uma pergunta aos juízes do STF a quem compete agora julgar a questão, mais uma vez, questão que não deveria nem mais estar em discussão: eles gostariam, de ser mal informados?

Eles gostariam de não ter acesso a um conjunto de informações que, muitas vezes, são por eles buscadas até mesmo para bem decidirem sobre uma causa que lhes é apresentada através dos autos de um processo?

E eles gostariam de consultar uma fonte, sempre desconfiando dela?

Porque a responsabilidade do jornalista reside neste tensionamento que caracteriza o Jornalismo contemporâneo de nossa sociedade capitalista: transformada em objeto de consumo, traduzido enquanto um produto que é vendido, comercializado e industrializado, a notícia está muito mais dependente da responsabilidade do profissional da informação, que é o jornalista, do que da própria empresa jornalística que tem, nela, a necessidade do lucro.

Assim sendo, é da consciência aprofundada e conscientizada do jornalista quanto a seu trabalho, que depende a boa informação.

E tal posicionamento só se adquire nos bancos escolares, no debate aberto, no confronto de idéias, no debate sério e conseqüente que se desenvolve na faculdade.

Eis, em rápidos traços, alguns dos motivos pelos quais é fundamental que se continue a exigir a formação acadêmica para o jornalista profissional.

A academia não vai fazer um jornalista, mas vai, certamente, diminuir significativamente, a existência de maus profissionais que transformam a informação, traduzida na notícia, em simples mercadoria.

Danny Bueno
Ocorreu um erro neste gadget

______________ ÚLTIMOS VÍDEOS :

Loading...

_______________Arquivo vivo: